Published On:terça-feira, 6 de março de 2012
Posted by salatiel assis

Bebê de sete meses morre ao ser violentada por primo

Uma menina de sete meses morreu na tarde de ontem depois que teria sido violentada sexualmente por um primo de 15 anos. O crime aconteceu numa casa no Jardim Pantanal, em Dourados. O menor confessou ter introduzido os dedos na vagina e no ânus da vítima, de acordo com o delegado Rinaldo Gomes Moreira, que o autuou e apreendeu. As mães da criança e do acusado são primas e vivem na mesma residência. Na hora da violência, nenhum maior estava presente.

Segundo o delegado, às 14h30 de ontem o acusado e a mãe da vítima foram até o 1º Distrito Policial para registrar um B.O (Boletim de Ocorrência). Eles queriam que a polícia esclarecesse os motivos da morte da criança. A menina faleceu no HV (Hospital da Vida), depois de ter tido hemorragia.
As suspeitas da polícia começaram a partir do comportamento do adolescente. “Ele se mostrava impaciente, nervoso e querendo ir embora”, explicou Moreira. Segundo o delegado, o menor foi interrogado na presença da tia (mãe da vítima) e de uma conselheira tutelar e confessou ter praticado o crime. “Ele narrou que após ter levado a criança até o posto de saúde, chegando em casa, fazendo a troca da fralda, praticou o ato”.
Depois disso a menina teria começado a apresentar problemas. Em seguida, o adolescente recorreu a uma vizinha que a levou ao hospital. “Fomos ao Hospital da Vida e a equipe médica informou que a criança tinha hematomas pelo corpo e sinal de penetração”, informou Moreira. “Ele [adolescente] fala que não foi um ato sexual, mas de curiosidade”.
Mesmo com a confissão do menor, a família ainda não acredita que ele praticou o crime. Enquanto a mãe da vítima crê que a criança morreu por causa do atendimento prestado no posto de saúde, seus pais o defendem. “Ele me ligou e disse: pai, eles estão querendo que eu assuma coisa que eu não fiz”, afirmou o pai do acusado em referência à polícia. “Ele é um menino que nunca me deu trabalho. Sempre cuidou dos irmãos para a gente ir trabalhar”.
Na casa onde ocorreu a violência estavam quatro irmãos – um menino de 13 anos e três meninas de sete, quatro e um ano - do acusado, além da vitima. Mas segundo o pai do adolescente, o crime pode ter sido praticado por outra pessoa. “Ele só tem um problema, que é sempre assumir as bagunças dos outros”, afirma ressaltando que filhos de vizinhos também estavam no local.
Para o delegado, contudo, não há dúvidas de que o adolescente praticou o crime. “Ele [pai do acusado] está fazendo o papel de pai”, avalia. Para Moreira, trata-se de um estupro de vulnerável seguido de morte. Além do exame necroscópico, também haverá perícia numa fralda descartável e em uma roupa conhecida como “mijãozinho”.
O menor será transferido para a Deaji (Delegacia de Atendimento à Infância e à Juventude e Idoso), em Dourados. Em seguida, será encaminhado para a Unei (Unidade Educacional de Internação) Laranja Doce. O advogado da família, Nilson Alexandre Gomes, disse que aguarda o resultado dos exames (que serão feitos na vítima e no acusado) para traçar uma linha de defesa.
 
diarioms

About the Author

Posted by salatiel assis on terça-feira, março 06, 2012. Filed under , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By salatiel assis on terça-feira, março 06, 2012. Filed under , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Bebê de sete meses morre ao ser violentada por primo"

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Solicita Ar Condicionado Para Escolas Rurais e Cadeiras de Rodas para APAE

O vereador Salatiel da Radio esteve em viajem para Campo Grande, onde esteve visitando vários gabinetes na Capital do Estado, onde protoc...

V Í D E O S

V Í D E O S
Juntos Por Sete Quedas - Salatiel Acompanha Operação Tapa Buraco Entre Sete Quedas e Tacuru

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO