Published On:sábado, 3 de março de 2012
Posted by salatiel assis

FURTO DE ENERGIA GERA PREJUÍZO DE R$ 7 BILHÕES NO PAÍS


Esse é o valor negativo que o Brasil contabiliza anualmente por conta das ligações clandestinas e fraudes nos medidores de energia elétrica. O prejuízo equivale a 13% do montante que deveria ser faturado e recebido dentro do setor elétrico nacional. 
Mato Grosso do Sul também faz parte deste cenário, onde o furto equivale ao consumo anual da cidade de Dourados e acarreta um prejuízo de 112 milhões de reais. Mas o Estado começa a mudar esta realidade. Um exemplo disso foi a resposta prontamente dada à campanha de prevenção ao furto e desperdício de energia elétrica, realizada pela Enersul em 2011. O furto onera as tarifas, compromete a segurança e reduz os investimentos em serviços essenciais para a própria comunidade, ou seja, uma conta que todo mundo paga. E quem não paga pela energia que utiliza, não tem motivos para economizar: além de energia, desvia impostos que podem gerar benefícios para a nossa sociedade, em áreas importantes como segurança, saúde, educação e bem estar social. 

Com um efetivo exercício de cidadania, a população registrou, nos canais de atendimento da Enersul, cerca de 10 mil denúncias de fraude,envolvendo desde residências até estabelecimentos comerciais, muitos localizados em áreas nobres do Estado. Isso reflete a reprovação da maioria das pessoas a esse tipo de crime e demonstra a preocupação de todos em consolidar no Mato Grosso do Sul uma sociedade consciente de seus direitos e obrigações. 
FURTO DE ENERGIA GERA PREJUÍZO DE R$ 7 BILHÕES NO PAÍS 

Esse é o valor negativo que o Brasil contabiliza anualmente por conta das ligações clandestinas e fraudes nos medidores de energia elétrica. O prejuízo equivale a 13% do montante que deveria ser faturado e recebido dentro do setor elétrico nacional.
Mato Grosso do Sul também faz parte deste cenário, onde o furto equivale ao consumo anual da cidade de Dourados e acarreta um prejuízo de 112 milhões de reais. Mas o Estado começa a mudar esta realidade. Um exemplo disso foi a resposta prontamente dada à campanha de prevenção ao furto e desperdício de energia elétrica, realizada pela Enersul em 2011. O furto onera as tarifas, compromete a segurança e reduz os investimentos em serviços essenciais para a própria comunidade, ou seja, uma conta que todo mundo paga. E quem não paga pela energia que utiliza, não tem motivos para economizar: além de energia, desvia impostos que podem gerar benefícios para a nossa sociedade, em áreas importantes como segurança, saúde, educação e bem estar social.

Com um efetivo exercício de cidadania, a população registrou, nos canais de atendimento da Enersul, cerca de 10 mil denúncias de fraude,envolvendo desde residências até estabelecimentos comerciais, muitos localizados em áreas nobres do Estado. Isso reflete a reprovação da maioria das pessoas a esse tipo de crime e demonstra a preocupação de todos em consolidar no Mato Grosso do Sul uma sociedade consciente de seus direitos e obrigações. 

About the Author

Posted by salatiel assis on sábado, março 03, 2012. Filed under , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By salatiel assis on sábado, março 03, 2012. Filed under , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "FURTO DE ENERGIA GERA PREJUÍZO DE R$ 7 BILHÕES NO PAÍS"

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Solicita Ar Condicionado Para Escolas Rurais e Cadeiras de Rodas para APAE

O vereador Salatiel da Radio esteve em viajem para Campo Grande, onde esteve visitando vários gabinetes na Capital do Estado, onde protoc...

V Í D E O S

V Í D E O S
Juntos Por Sete Quedas - Salatiel Acompanha Operação Tapa Buraco Entre Sete Quedas e Tacuru

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO