Published On:quinta-feira, 24 de maio de 2012
Posted by salatiel assis

Senado aprova MP que amplia crédito a pequeno empreendedor

Baixe Moka le relatório sobre microcrédito foto - Waldemir Barreto-Agencia Senado.jpg (1206,2 KB)
Baixar

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (23) relatório do senador Waldemir Moka (PMDB) ao Projeto de lei de Conversão da Medida Provisória 554/2011. O projeto autoriza a União a conceder subvenção econômica a instituições financeiras para contratação e acompanhamento de operações de microcrédito produtivo orientado.

O objetivo da medida, segundo Moka, é expandir o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO), subvencionando parte dos custos decorrentes da contratação e acompanhamento destas operações pelas instituições financeiras que praticarem taxas de juros de 8% ao ano ao tomador final.

De acordo com o relator, a metodologia e os limites da equalização anual por instituição financeira interessada em operar com o programa serão definidos anualmente pelo Ministério da Fazenda, com limite de R$ 500 milhões anuais. Moka estima que, até o final de 2013, cerca de 3,5 milhões de empreendedores estejam sendo beneficiados pelas linhas de crédito desse programa.

O senador afirma que a medida vai estimular a economia, gerar inclusão social de pessoas carentes e permitir a superação da pobreza. “É uma medida que chega em bora hora e que vai gerar trabalho e renda, principalmente nos municípios de pequeno porte”, argumentou Moka.

Etanol

O projeto também autoriza a utilização dos recursos da Contribuição da Intervenção no Domínio Econômico (Cide) e de outras fontes para financiar a estocagem de álcool combustível (etanol). A elaboração do PLV seguiu orientação da Agência Nacional do Petróleo e Biocombustíveis (ANP).

O PLV prevê que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) poderá emprestar até R$ 2,5 bilhões, enquanto outros bancos federais que operam com recursos da Poupança Rural poderão financiar até R$ 2 bilhões. Esses financiamentos contarão, por cinco anos, com subvenção econômica na forma de equalização da taxa de juros.

A linha de crédito foi criada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). A taxa de juros foi fixada em 8,7% ao ano e definidos como beneficiários as usinas, as cooperativas de produtores, as comercializadoras e as distribuidoras de álcool combustível.

De acordo com Moka, os financiamentos para estocagem de álcool combustível possibilitam a redução da volatilidade de preço e contribuem para a estabilidade da oferta do produto ao longo do ano, durante o período de entressafra.

Assessoria de Imprensa com Agência Senado

About the Author

Posted by salatiel assis on quinta-feira, maio 24, 2012. Filed under , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By salatiel assis on quinta-feira, maio 24, 2012. Filed under , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Senado aprova MP que amplia crédito a pequeno empreendedor"

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Solicita a Estado a Volta da Emissão de Carteira de Identidade no Município

Vereador Salatiel da Radio no Gabinete da Vice-Governadora Rose Modesto O vereador Salatiel da Radio encaminhou oficio a Vice-Governado...

V Í D E O S

V Í D E O S
Juntos Por Sete Quedas - Salatiel Acompanha Operação Tapa Buraco Entre Sete Quedas e Tacuru

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO