Published On:terça-feira, 6 de novembro de 2012
Posted by JORNAL EDUCADORA

Denunciada em Dourados a venda de casas populares



MPF - Dourados (DOURADOS NEWS)
Na final da tarde desta segunda-feira (05), o deputado Marçal Filho, acompanhado de um ex-funcionário público de Dourados, foi até o Ministério Público Federal, onde conversaram com o procurador Manoel de Souza Mendes Junior, a respeito dos rumores de um suposto esquema de fraude no sorteio das casas populares construídas com recursos federais. O procurador se comprometeu a abrir uma investigação a fim de apurar a denúncia.

O parlamentar foi procurado no início desta tarde pelo ex-funcionário, que alegou que a demissão foi uma represália. “Me demitiram porque eu e outras pessoas questionamos alguns funcionários do alto escalão da prefeitura sobre umas coisas erradas que acontecem no setor de habitação. Eles não gostavam que a gente se metesse nesses assuntos. Mas eu via que estava errado e por isso insistia em saber o que realmente acontecia. Não tem muito tempo que a diretora de habitação teve problemas com isso, todo mundo sabe da história. Outros caciques grandes também devem estar envolvidos”, explicou.

O funcionário exonerado disse que ele e outras três pessoas foram demitidas por ‘falar demais e querer saber o que não deve’. Ele contou que os outros funcionários prejudicados estão com medo de represálias e por isso não se manifestaram até o momento. “No período em que trabalhei como funcionário público na prefeitura de Dourados, assisti quase que diariamente essas fraudes que existem na habitação. Era um esquema de favorecimento, as casas sempre saiam para parentes e amigos do pessoal lá, ou para alguém que pagasse a propina”, afirmou.

A suposta vítima disse ainda que procurou o Deputado Marçal Filho por se sentir lesado, tanto pela administração pública quanto pela matéria que o colocou como envolvido no hipotético esquema. “Fui muito prejudicado com essa matéria, assim que colocaram isso no site todo mundo começou a me perturbar, tanto amigos, como colegas e parentes. Fui apenas um bode expiatório para os reais envolvidos, eles fizeram isso para tirar o foco deles e ganhar tempos, porque eles sabiam que a bomba iria estourar. Sobre o site que me esculhambou, depois que conversei com o repórter que escreveu a matéria e falei que iria processá-lo, minutos depois ele mudou tudo e tirou meu nome, mas eu tenho a matéria da primeira versão”, desabafou.

Segundo o deputado Marçal Filho, por se tratar de recursos federais ele possui a obrigação e o dever de intervir no caso. “Os recursos usados para a construção das residências vem do programa federal ‘Minha Casa Minha Vida’. Logo, na posição de deputado federal eu estou na obrigação defender o bem público, neste caso, o dinheiro do povo. Devemos lembrar ainda que o déficit habitacional é enorme e por isso tais recursos devem ser geridos com a maior idoneidade”, finalizou.



Fonte: Dourados News

About the Author

Posted by JORNAL EDUCADORA on terça-feira, novembro 06, 2012. Filed under , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By JORNAL EDUCADORA on terça-feira, novembro 06, 2012. Filed under , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Denunciada em Dourados a venda de casas populares"

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Agradece Administração Por Atender Sua Solicitação Em Posto de Saúde

O Vereador Salatiel da Rádio Agradeceu a Administração Municipal, que através do Prefeito Chico Pirolli atendeu sua solicitação que p...

V Í D E O S

V Í D E O S
Juntos Por Sete Quedas - Salatiel Acompanha Operação Tapa Buraco Entre Sete Quedas e Tacuru

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO