Published On:terça-feira, 4 de dezembro de 2012
Posted by JORNAL EDUCADORA

Mãe e bebê morrem no parto e médico denuncia falta de estrutura à Polícia



Em depoimento, médico disse que hospital não tem estrutura para cirurgia. Ninguém foi encontrado no Hospital Municipal para comentar o assunto.


 Polícia Civil investiga o caso de uma mulher, de 24 anos, e um bebê que morreram na noite de domingo (2), no Hospital Municipal de Sete Quedas, a 459 km de Campo Grande. Segundo o delegado Rinaldo Moreira, as duas morreram  no parto, após a jovem dar entrada no hospital com complicações de saúde. 

Após depoimentos do médico e de funcionários do hospital, o delegado afirma que havia um médico na unidade, mas em razão de complicações de saúde da paciente, por conta da gravidez, um cirurgião que estava de folga teve que ser chamado
A família da mulher denunciou o caso à polícia na noite de ontem. Eles disseram ao delegado que não havia médico no hospital quando a mulher chegou na unidade, já em trabalho de parto.
O médico que realizou o primeiro atendimento da jovem disse, em depoimento à Moreira, que a cabeça do bebê não estava posicionada para o parto e seria necessária a realização de uma cesariana. De acordo com o delegado, o médico cirurgião demorou cerca de 10 minutos para chegar ao hospital. A mãe e o bebê morreram durante a cirurgia. 
DepoimentosNesta segunda-feira (3), o delegado responsável pelo caso ouviu os depoimentos do médico e de duas técnicas de enfermagem que atenderam a paciente. As mulheres confirmaram que o médico plantonista estava no hospital e que, por causa das complicações, o cirurgião teve que ser chamado.
O médico disse ao delegado que a paciente morreu por conta das circunstâncias do parto e porque o hospital não possui equipamentos necessários para cirurgias de risco. O G1 entrou em contato com o Hospital Municipal e uma funcionária informou que não havia ninguém responsável pela unidade que pudesse falar sobre o assunto.
G1 também tentou falar com a Secretaria de Saúde da cidade, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria. 
Investigação
Os corpos da mãe e do bebê foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML). Moreira aguarda o resultado do laudo pericial que irá constatar a causa da morte das vítimas. “Estou investigando se houve homicídio culposo, vamos esperar o laudo para ver se houve imperícia, negligência ou imprudência por parte do hospital”, afirma o delegado.
O inquérito deve ser encerrado em 30 dias e uma cópia deve ser encaminhada para o Conselho Regional de Medicina (CRM-MS) em Campo Grande.   

About the Author

Posted by JORNAL EDUCADORA on terça-feira, dezembro 04, 2012. Filed under , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By JORNAL EDUCADORA on terça-feira, dezembro 04, 2012. Filed under , , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Mãe e bebê morrem no parto e médico denuncia falta de estrutura à Polícia"

Leave a reply

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

GANHE DINHEIRO - CLICKE AQUI

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Salatiel Acompanha Obra que Finaliza 100% de Pavimentação no Jardim Carimbó

O Vereador Salatiel da Rádio, esteve visitando as obras de pavimentação asfáltica que estão em andamento no Jardim Ca...

V Í D E O S

V Í D E O S
VÍDEO - PASSEANDO POR SETE QUEDAS - PARTE II

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA COM O CANTOR MARCELO TEODORO

    ARQUIVO