Suspeitos de executar jovens já estão em CG e prestam depoimento

Posted by JORNAL EDUCADORA | sábado, 1 de setembro de 2012 | Posted in ,

Suspeitos de executar jovens já estão em CG e prestam depoimento

Os dois homens apontados como possíveis mentores do sequestro e morte dos amigos Breno Luigi Silvestrini de Araújo de Araújo, de 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, de 19 anos, foram trazidos de Aquidauana e Corumbá para prestarem depoimento em Campo Grande.

Os jovens foram assassinados na noite da última quinta-feira (30) após serem rendidos quando saiam de um Bar na capital sul-mato-grossense e o crime causou grande comoção. Os bandidos planejavam roubar o carro que estava com as vítimas para vender na Bolívia.

Weverton Gonçalves Feitosa, 22 anos, o Japinha, foi capturado pelo SIG Aquidauana e Anastácio, já o comparsa, Rafael Costa da Silva, 22 anos,o Pinha, foi preso pelo SIG da cidade de Corumbá.

Ainda na tarde da sexta-feira (31) a mulher de Rafael, Dayane, foi presa em Miranda e trazida para a sede da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), onde prestou depoimento para a delegada Maria de Lourdes Souza Cano.

Weverton e Rafael permanecem na sede da Defurv. Lá prestam depoimento. A reportagem apurou que os dois possivelmente fazem parte de uma quadrilha envolvida com roubo de veículos no Brasil para levar aos países vizinhos Bolívia e Paraguai.

De acordo com a polícia, foi Dayane que indicou onde estavam os corpos dos jovens, que foram localizados as margens da BR-262, na saída de Campo Grande para Rochedo. Ao que tudo indica eles foram mortos com tiro na nuca.

Weverton ainda confessou que participou diretamente da morte do piloto da TAM, Marco Antônio Leão Ramos, de 40 anos, no dia 1º de agosto desse ano, na cidade de Anastácio. O corpo do piloto foi encontrado com uma perfuração no olho esquerdo, no banco do carona da Hillux que ele conduzia. Possivelmente ele reagiu a um assalto.

A primeira prisão aconteceu ainda no período da manhã desta sexta-feira, na cidade de Miranda. Dayane, que é esposa de um dos autores foi flagrada tentando fugir de carona, quando o caminhão que estava foi parado por policiais rodoviários federais. Ela carregava o celular de uma das vítimas.

Segundo o que apurou a polícia até agora, os dois jovens foram abordados por volta das 20h e foram assassinados no macroanel próximo à saída para Rochedo. Depois Weverton, Dayane e Rafael seguiram com a Pajero, que é de propriedade da mãe de um dos jovens, e por volta das 23h passaram no posto da PRF Guaicurus, na BR-262 a cerca de 55 km de Miranda.

Depois seguiram até a ponte sobre o Rio Paraguai, mas não tinham dinheiro para pagar pedágio e então resolveram voltar. Ainda conforme informações obtidas pelo Midiamax, quando retornaram da ponte, Os policiais do Departamento de Operações de Fronteiras (DOF) desconfiaram e seguiram o veículo.

Quando perceberam o acompanhamento tático, a Pajero foi abandonada e os ocupantes fugiram. Daiane pegou carona com um caminhoneiro e Rafael e Weverton fugiram pelo mato. A mulher foi presa pela PRF no Posto Guaicurus. Durante toda a tarde foi montada uma megaoperação para capturar os autores das mortes, inclusive com barreiras nas estradas e região pantaneira.

Em Campo Grande seguem os serviços de investigação para tentar identificar outros possíveis envolvidos com o trio.

Fonte: Dourados Informa

Laor apoia Ganso, critica São Paulo e avisa: 'Se cerco não parar, vou à Fifa'

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , , ,

Dirigente classifica proposta como 'absolutamente ridícula' e garante que em nenhum momento clube do Morumbi foi autorizado a falar com o meia
Links Patrocinados

Virou guerra. É desta maneira que pode ser definida a briga entre Santos e São Paulo pelo meia Paulo Henrique Ganso, do Peixe. O Tricolor fez duas propostas, ambas recusadas pelo clube da Baixada Santista, que em nota oficial chegou até a cogitar a possibilidade de fazer uma reclamação na Fifa, sob alegação de aliciamento. Se na última sexta-feira o diretor de futebol do clube do Morumbi adotou um tom conciliador para tratar o assunto, o mesmo não pode ser aplicado ao presidente santista, Luis Alvaro de Oliveira, que na manhã deste sábado abriu fogo contra Juvenal Juvêncio e seus comandados.

luis alvaro santos (Foto: Marcelo Prado/Globoesporte.com)Luis Alvaro participou de evento em São Paulo e falou sobre Ganso (Foto: Marcelo Prado/Globoesporte.com)

Além de ratificar que só libera o seu camisa 10 mediante o pagamento da multa, o dirigente classificou as ofertas feitas pelo Tricolor como “ridículas”, disse que a relação entre os clubes está comprometida e que o São Paulo está aliciando o jogador.

- Se esse cerco não parar, vou à Fifa como fiz com o Chelsea quando veio aqui em 2010 e achou que era só acertar salário e levar o Neymar. O Santos é um clube sério. Se o diretor de futebol do São Paulo vem a público e diz que já acertou salários com o atleta, isso não é aliciamento? E tem mais. É mentira que o Pedro (Luiz Conceição, membro do Conselho Gestor) tenha autorizado o São Paulo a conversar com o Ganso. Ele não tem autonomia para isso – afirmou o dirigente, em conversa com os jornalistas durante o 2º Fórum Nacional do Esporte, realizado em São Paulo.

Paulo Henrique Ganso na partida do Santos contra o Bahia (Foto: Lucas Baptista / Ag. Estado)Ganso foi elogiado por Luis Alvaro, que vê sinais que o jogador quer ficar (Foto: Lucas Baptista / Ag. Estado)

Luis Alvaro voltou a dizer que só libera o jogador mediante o pagamento da multa rescisória, que para clubes nacionais é de R$ 53 milhões. Esse valor é dividido da seguinte maneira: o Peixe tem direito a 45% (R$ 23,8 milhões) e os 55% restantes (R$ 29,2 milhões) são da DIS, empresa que é parceira do clube e que também cuida dos interesses do jogador.

- A situação é a mesma. Publicamos uma nota que, acredito, esteja em português compreensível. Não queremos vender o jogador. Ou o São Paulo não leu a nota ou não entendeu. Após a segunda investida, que foi uma proposta absolutamente ridícula, mandei uma carta muito clara ao presidente Juvenal Juvêncio dizendo que essa continuidade atrapalha o Santos e não vou permitir isso – ressaltou.

O dirigente santista não mediu palavras ao criticar a diretoria tricolor.

- O São Paulo está faltando com a ética. Como pode aliciar um jogador nosso no meio do campeonato? Acertar salários, conforme divulgado, não me parece algo construtivo. Sem dúvida, arranha e até compromete o ótimo relacionamento que sempre tivemos. A legislação da Fifa é clara sobre isso – disse.

Luis Alvaro confirmou que teve uma reunião com Paulo Henrique Ganso para oferecer um aumento salarial e que o meia tem manifestado a vontade de continuar no time da Baixada Santista. O presidente muda o tom agressivo ao falar sobre o jogador.

- Tive uma conversa com o atleta na quarta para me solidarizar com a agressão injusta que ele sofreu após o jogo (torcedores atiraram moedas no atleta e o chamaram de mercenário). Sabemos que foi um negócio orquestrado para forçar uma situação que não existe. Mas eu não posso prender ninguém. Se o Ganso achar que deve sair, não tem problema. É só falar para o São Paulo ou para quem tiver interesse fazer o depósito da multa e mandar o comprovante por fax. Libero na hora – prometeu.

Na avaliação do presidente, os empresários do jogador são os principais responsáveis pelo momento conturbado que Ganso atravessa. O dirigente ressaltou o fato de a DIS ser ao mesmo tempo gestora de carreira e dona de percentual em negociações.

- O problema é que ele tem procuradores que ao mesmo tempo são proprietários de uma parte dos direitos e que, por isso, querem ganhar dinheiro. Eles se confundem, estão dos dois lados da mesa e isso prejudica o jogador. Com o Neymar, isso não acontece porque o pai é o manager dele e só quer que o atleta seja feliz. Esses procuradores querem ganhar o maior dinheiro possível no menor espaço de tempo. E isso, claramente prejudica o atleta – finalizou.


Notas falsas de R$ 3 são encontradas em cidade do RN

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in ,

Carteira com 34 cédulas foi encontrada no município de Caicó.

Morador entregou montante à polícia, que investiga o caso.

Do G1 RN

31 comentários
Cédulas falsas encontradas no RN (Foto: Eduardo Dantas/Cedida)Cédulas falsas encontradas no RN (Foto: Eduardo Dantas/Arquivo pessoal)

Notas falsas de R$ 3 foram encontradas no município de Caicó, no Rio Grande do Norte, neste sábado (1º). De acordo com a Polícia Civil, a denúncia partiu de um morador, que encontrou uma carteira com as 34 notas falsificadas.

Segundo a polícia, o homem, que não teve o nome divulgado, disse que a carteira estava na porta da casa dele e que, ao abri-la e perceber as cédulas fraudulentas, se dirigiu imediatamente à delegacia.

A polícia investiga o caso. Ainda não há suspeitos do crime. Atualmente circulam no país apenas cédulas de R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100.

A pena para quem falsifica moeda varia de 3 a 12 anos reclusão, além de multa. Aquele que a coloca em circulação, após atestar sua falsidade, também pode ser preso por até dois anos.

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO