JUSTIÇA ELEITORAL INFORMA QUE NÃO IMPEDIU CAVALGADA POLITICA EM SETE QUEDAS

Posted by salatiel | domingo, 23 de setembro de 2012 | Posted in , , ,


Imagem ilustrativa
O Site de notícias agazetanews informou em nota que se equivocou ao divulgar que a suspensão da "cavalgada" que
seria realizada pela Coligação Sete Quedas no Coração da Gente deu-se "por conta da Justiça Eleitoral",  movida por adversários politicos conforme notícias divulgadas às 07h51min e 11h03min. 
Segundo a Justiça Eleitoral, não houve nenhuma determinação nesse sentido, na medida em que não é competente para fiscalizar atos que envolvam a sanidade humana/animal, limitando-se à preservação das normas jurídicas eleitorais.
De acordo com a assessoria da coligação, “Amor, Trabalho e Fé”, que tem como candidato a prefeito o atual vice-prefeito do município, José Gomes Goulart, o “Casé” (PMDB) e como candidato a vice o vereador e médico, Dr. Amadeu Hugo Alessi (PSDB), em Sete Quedas, a suspensão de uma “cavalgada” que seria realizada na tarde de hoje (22) pela coligação “Sete Quedas no Coração da Gente”, se deu por conta do não cumprimento das normas sanitárias exigidas pela Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) e não por implicância da coligação.
Segundo o ato com emprego de animais não teria sido comunicado a Agência Estadual com 30 dias de antecedência e os animais não teriam passado pela inspeção sanitária como prevê as normas sanitárias em vigor.
A coligação “Sete Quedas no Coração da Gente” tem como candidato a prefeito o empresário Júnior Palma (PR) e a vice o vereador e também empresário no município, Cláudio Parreira (PDT). Informou a seus eleitores em ato politico que a suspensão havia sido devido a implicância da coligação adversaria, insinuando que se tratava de um ato politico, oque segundo a justiça eleitoral não ocorreu. A dias atrás a mesma coligação informou em matérias divulgadas que o vencedor do BBB12, não esteve no município devido a ação da coligação adversária, ato que também não procedia. A determinação da justiça eleitoral era para que o artista não participasse da carreata politica e comício, o que não é permitido devido as leis eleitorais. A Lei Eleitoral (9.504/97) proíbe a realização de showmício e evento assemelhado com a apresentação de artistas, mesmo que não remunerados.

fonte : agazetanews

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO