CREAS realiza a Semana Contra o Trabalho Infantil em Sete Quedas

Posted by JORNAL EDUCADORA | quinta-feira, 29 de novembro de 2012 | Posted in , , ,

Clique na Imagem para ampliá-la
Ver mais Fotos
Equipe do CREAS durante o trabalho de prevenção. (Foto: Divulgação)
Entre os dias 09 e 14 de Novembro, o Centro de Referência Especializado da Assistência Social – CREAS – de Sete Quedas, realizou a semana contra o Trabalho Infantil no município.  A campanha contou com o apoio da Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Ação Social, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar, CRAS, PETI e CEPASP. 
As equipe percorreram mais de 100 quilômetros de estrada rurais para trabalharem o tema da campanha e desenvolverem atividades junto aos alunos de escolas da Vila Santa Luzia, Vila Miguel, Vila Carioca e  Aldeia Sombrerito. Além disso, realizaram-se atividades com os participantes do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), e houve panfletagem junto à população nas ruas no município, com o objetivo de conscientizar os mesmos acerca do tema. Ao todo foram distribuídos 70 camisetas,  250 bonés, 250 kits, 500 adesivos, 3.000 panfletos explicativos, além de 6 banners da campanha, que foram colocados na área urbana e rural.
Segundo a Secretária de Ação Social do município,  Eladir Ferreira da Costa Silva, e o Coordenador do CREAS, o Psicólogo Eduardo Sguarezi Gabriel,para que se consiga a erradicação do trabalho infantil, é preciso uma atuação abrangente e integrada. “Ao mesmo tempo em que se busca sensibilizar e conscientizar a sociedade sobre os danos morais, físicos e intelectuais do trabalho infantil, é preciso identificar estas crianças e realizar um trabalho direto com as famílias, de conscientização, de capacitação e complementação de renda.”, relataram. 
No Brasil, a exploração do trabalho infantil está presente em diversos ambientes, tanto privados como públicos. Em toda a América Latina, uma em cada dez crianças e adolescentes está em situação de trabalho infantil, em suas mais diversas formas. O trabalho infantil ainda é um grande problema social. Milhares de crianças ainda deixam de ir à escola e ter seus direitos preservados, e trabalham desde a mais tenra idade na lavoura, campo, fábrica ou casas de família, muitos deles sem receber remuneração alguma. Hoje em dia, em torno de 4,8 milhões de crianças de adolescentes entre 5 e 17 anos estão trabalhando no Brasil, sendo que desse total, 1,2 milhão estão na faixa entre 5 e 13 anos.
Fonte: Assessoria

Monalisa Vence Pesquisa Para Presidência da Câmara

Posted by salatiel | | Posted in , , , ,

Os recém eleitos Monalisa, Dr. Amadeu e Casé

Em uma enquete realizada pelo site, educadora91.com, a vereadora eleita Monalisa Alessi, ficou com a preferência de 36% dos eleitores, para ser a Presidente da Câmara no biênio de 2013/2014. Em segundo lugar ficaram empatados os vereadores Coró e Paulo Chagas com 11%.
Monalisa Alessi, que é esposa do Vice-Prefeito eleito Dr. Amadeu, e também já foi vice-prefeita do município, conquistou a simpatia dos eleitores durante a campanha para vereador. Monalisa era uma das preferidas dos eleitores, e um dos candidatos que conseguiram se destacar durante a campanha, um dos que disputou e que se elegeu. Outros candidatos se destacaram durante a campanha, mas não conseguiram quantidade necessária de votos para se eleger. Como o caso do Radialista Salatiel Assis, que durante toda a campanha era considerado um dos favoritos para assumir uma cadeira na câmara, mas ficou a 11 votos de ser eleito, ficando suplente ao legislativo. Outros também eram considerados favoritos na eleição, mas também não se elegeram, como os candidatos, Niltinho do Hospital, que durante a campanha tinha um carinho muito grande dos eleitores, e o candidato Ismael da Taquarussu, e também os candidatos, Nei Brasil e Prof. PC, que apesar de se destacarem na campanha não saíram vencedores.

Mas ao final das eleições, no dia 7 de outubro, o resultado foi bem diferente do que todos esperavam. A maioria dos atuais vereadores se reelegeram. Dos 9 atuais vereadores 5 se reelegeram, 2 não disputaram a campanha para o legislativo, disputando a eleição como candidatos a vice-prefeitos. Mas segundo pesquisas, se disputassem também se reelegeriam. Então suas vagas somente foram ocupadas.

Mas apesar de ter recebido um percentual grande de votos na enquete, Monalisa possivelmente não será a presidente da câmara em 2013. Tudo indica que a vaga ficara com o grupo de sustentação do prefeito eleito Casé que elegeu 5 vereadores, mas outro nome será escolhido. A vereadora eleita disse que apesar de ter a preferência dos eleitores para ser a chefe da casa de leis, não acha interessante ser presidente já no inicio deste seu primeiro mandato. “Gostaria muito de atender a vontade da comunidade, mas acho que devo adquirir mais conhecimento neste inicio de mandato, ficarei muito feliz em fazer parte de mesa diretora, mas deixo a presidência neste primeiro biênio para um companheiro mais experiente, e nesse momento acho que o vereador Coró poderá ser esse nome, pois a já tem muita experiência aqui dentro, e esteve conosco na caminhada, poderei aprender muito com ele. Mas quem sabe já no segundo biênio posso assumir a presidência” finalizou.

Assentamento quer ser o octogésimo município. (Itamarati)

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , , ,



Itamarati (SILVIO SANTANA)
O Assentamento Itamarati, localizado na cidade de Ponta Porã, pode ser o 80º município de Mato Grosso do Sul. Essa, pelo menos, é a intenção dos moradores que somam mais de 15 mil e já encampam um movimento pró-crescimento e político como aconteceu com a Gleba Novo Horizonte do Sul, formada por lotes cedidos pelo Incra, que posteriormente por sua importância sócio-econômica foi emancipada município em abril de 1992.

Embora os moradores acreditem no potencial do assentamento para ser município, isso depende de alguns trâmites. Primeiro é preciso que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) dê a titularidade (escritura) das terras para os assentados. Depois a cidade de Ponta Porã tem que aceita-lo, já que na condição de assentamento as terras são de fato da União. O próximo passo é aprovação na Assembléia Legislativa para elevá-lo a categoria de município.

De acordo com levantamento do Incra, são 15.867 moradores e um núcleo urbano de 80 hectares. Lá, a dedicação maior é na produção de cereais, especialmente soja, milho e feijão, que 2011/2012 foi fechada com 72.900.000 quilos desses produtos.

Fazendo contas da produção, conforme o Incra, Itamarati seria o 38º município, entre os 79 existentes. É importante salientar que a população do assentamento é superior, por exemplo, aos mais recentes municípios criados: Figueirão (2.936 habitantes) e Paraíso das Águas (5.200 moradores).

O núcleo urbano do assentamento, que fica a quase 50 km da sede de Ponta Porã , são130 edificações destinadas ao comércio onde pode-se encontrar de tudo: farmácias, supermercados, lanchonetes, padarias, escritórios de contabilidade, hotéis, lojas de materiais de construção, clinica dentária, ótica, escritório de advocacia, lan-house, loja de móveis, veterinárias, oficinas mecânicas para carros, motos e tratores, restaurantes, igrejas, loja de confecções, autopeças, Correio, escolas de informática, distribuidora de gás, serralheria, salão de beleza, clube de recreação, jornal semanário.

A Escola Estadual Nova Itamarati estão matriculados 1.820 alunos este ano. É o maior número de alunos matriculados nua escola pública no estado. No assentamento ainda há outras quatro escolas públicas, sendo três estaduais e duas municipais, totalizando 3.500 alunos. A saúde pública conta com quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS). Além da rotina normal, as UBS realizam atendimentos especializados, entre os quais visitas domiciliares a acamados, idosos e monitoramento de hipertensos e diabéticos.

TEXTO - ELIANE SOUZA



Fonte: Midiamax News

Polícia Civil prende acusado de matar em bar em Sete Quedas

Posted by salatiel | | Posted in , ,



Clique na Imagem para ampliá-la
O acusado Flávio da Silva, de 41 anos. Ele foi preso pela Polícia Civil, acusado de homicídio em Sete Quedas. (Foto: Divulgação)
Uma equipe de investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Sete Quedas, sob o comando do delegado titular local, Dr. Rinaldo Moreira, realizou a prisão, na manhã dessa quarta-feira, 28 de novembro, de um homem de 41 anos, acusado de matar outro a tiro em um bar da cidade.
O crime ocorreu na noite do dia 4 de novembro e teve como vítima, Wilson Tadeu Moreira, de 30 anos, morador em Sete Quedas.
Segundo a polícia na época do crime, o autor preso nessa quarta-feira, Flávio da Silva, teria mantido uma discussão com o irmão de Wilson e Wilson teria acabado intervindo na situação.
Horas depois do desentendimento, Wilson Tadeu estava em um bar no centro da cidade quando Flávio teria chegado, sacado da arma e atirado contra a cabeça de Wilson, que morreu no local.
Após cometer o crime, Flávio teria fugido do local, mas acabou sendo reconhecido por testemunhas.
Após instaurar o inquérito, a Polícia Civil passou a investigar o caso e na manhã dessa quarta-feira (28) acabou localizando e prendendo o autor.
De acordo com a PC, ao ser preso Flávio da Silva, que já estava com a prisão preventiva decretada pela Justiça da Comarca de Sete Quedas em virtude do crime, teria confessado o assassinato e relatado que matou Wilson Tadeu por discussões banais, ou seja, motivo fútil.
Segundo a Polícia Civil de Sete Quedas, a arma usada para praticar o crime, um revólver calibre 38 também foi apreendido e será encaminhado para perícia.
Fonte: A Gazeta News 

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO