Published On:quinta-feira, 24 de janeiro de 2013
Posted by JORNAL EDUCADORA

Confusão e âmbulância marcam o clássico



Joel foi agredido - oito pontos no supercílio (EDILSON OLIVEIRA)
EDILSON OLIVEIRA
Não poderia deixar de ser diferente. Jogo pegado, lances bonitos, muita emoção durante a partida, pressão e ao final do jogo, muita confusão. Assim é, foi e sempre será. E assim foi o clássico regional Ivinhema 1x1 Naviraiense, no final da noite desta quarta-feira, no estádio Saraião, em partida válida pelo campeonato de futebol promovido pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul.

Os gls da partida foram marcados por Ciel aos 11 minutos do primeiro tempo (Naviraiense) e Gustavo (26 do segundo tempo, para o Ivinhema -até aqui o gol mais bonito do campeonato estadual). O lance mais oincrivel foi iniciado po Pequi, aos 10 minutos da etapa final. Ele foi na linha de undo, dnro da área, pelo lado esquerdo e centrou para a entrada de Campanário, no segundo pau, atrás do goleiro Aldo... e ele (Campanário) tocou em baixo do gol... mas a bola saiu pela linha de fundo... Inacrediável, ele perdeu o gol e se lamentou. Já tinha perdido um outro, pelo lado direito, ao bater cruzado, rasteiro, rente a trave, após cruzamento de Adriano Chuva.

No primeiro tempo um jogo quase burocrático e de estudos, exceto as investidas de ataque rápido do Naviraiense, contrastado com a pouca objetividade do Ivinhema. Houve quatro chutes do time tricolor do Cone Sul e três da equipe azul (jogando de branco neste campeonato) do Vale do Ivinhema. Destaque mesmo só par o lance de gol de Ciel, que aproveitou a falha de Aldo, que sai indeciso e não cortou o cruzamento de Aldo, e a bola chegou a Ciel, que cabeceu para a rede - Ivinhema 0x1 Naviraiense

No segundo tempo, o jogo foi mais aberto, cheio de alternativas algumas entradas de ambulância levando jogadores do Naviraiense para o hospital. O Ivinhema foi para o ataque, e a pressão aconteceu dentro da área, com os jogadores de defesa do Naviraiense tirando como podia. E no contra-ataque, o Naviraiense foi mais objetivo. Foram nove chutes contra quatro do Ivinhema, que de longe aproveitou o chute do zagueiro Gustavo. Do meio do campo, no círculo central, à esquerda, ele manda uma bola cruzada em diagonal endereçada ao ângulo esquerdo - indefensável e o goleiro Alan nada pode fazer - estava empata a partida aos 26 minutos do segundo tempo - Ivinhema 1x1 Naviraiense.

AMBULÂNCIA E CONFUSÃO
Os jogadores e a Comissão Técnica do Naviraiense rcelamaram muito da deslealdade e jogadas violentas praticadas pelos atletas do Ivinhema. Joel foi agredido com uma cotovelada de Capixaba, que atingiu a fonte do lateral Joel, cortando desde o supercílio até a parte lateral esquerda da face lateral do Jacará do Cone Sul. Na primeira entrada da ambulância no gramado, ele foi o primeiro a ir para o hospital e voltou para ver o final do jogo.

Joel voltou e viu novamente a ambulância em campo. E desta vez para o atendimento ao zagueiro Robenval, que acabou saindo com suspeita de luxação no ombro. Sem poder realizar a substituição (já havia feito as três possiveis), e com a expulsão de Fábio Buru, o Naviraiense teve que jogar com nove jogadores em campo e aguentar a pressão do Ivinhema. Suportar, o Naviraiense suportou, mas o jogo continuou cheio de alternativas. Em um outro lance, Robenal foi atingido, e teve luxação no ombro. Até a entrada da fisioterapeuta do Ivinhema e a chamada da ambulância, o medo era de que pudesse ter havido fratura de clavícula. Robenval foi levado para o hospital

Ao final do jogo, já nos cinco minutos de desconto, duas excelentes chances de gol (no segundo tempo foram nove do Naviraiense e quatro do Ivinhema). Uma com o zagueiro Rodrigo eperimentando de longe, no mesmo ângulo do gol, e Alan se esticou todo, para no alto, com um tapa de mão trocada, mandar para escanteio. A resposta foi com Buiu chutando forte de ora da área, a bola caiu, bateu no morrinho artilheiro, e Aldo, já caindo, ainda com o corpo no alto, desajeitado e desesperado, conseguiu desviar a bola para cima e ela saiu para o escanteio.

O jogo terminou com Ivinhema 1x1 Naviraiense, mas a revolta dos naviraienses não. Os jogadores do CEN foram para cima do árbitro e de vários jogadores do Ivinhema. Nervoso o técnico do Naviraiense partiu para cima dos jogadores e comissão técnica do Ivinhema (jamais com uso de violência, só com ataques verbais, mais sem xingamentos). Depois os jogadores dos dois times se entranharam e a Polícia Militar teve que intervir. Muitos torcedores do Ivinhema náo foram embora e continuavam a esquentar o clima.

Os ânimos ficaram exaltados por cerca de 20 minutos. Por precaução, os membros da imprensa escrita de Navirai ficaram em campo e os da imprensa falada continuavam a ouvir e relatar os acontecimentos. Até pedra de gelo contra a entrada do vestiário do Naviraiense foi atirada contra a entrada do vestiário do Naviraiense.

E para finalizar a batalha que começou com a guerra do esconde-esconde da esclação (deveria ser divulgada 30 minutos antes do jogo mais só foi feita pelos dois times para os repórteres com menos de 15 minutos, após reclamações serem feitas ao representante da Federação), houe as juras de noa batalha no jogo de volta, em Naviraí. Jurados ficaram os jogadores Capixaba e David, atacantes do Ivinhema, prometidos na saída de campo, por vários jogadores do Naviraiense.

NAVIRAIENSE - Alan; Joel (Sorbara), Williams, Robenval e Adriano Chuva; Iwata, Buru (expulso), Ciel e Buiu; Campanário e Pequi. Vinicius e Gioani também entraram em campo. TÉCNICO - Itamar Bernardes.

IVINHEMA - Aldo; Weslei (Iris), Rodrigo, Gustavo e Adailton; Mutuca, Lucas Vieira (Tiziu), Alex Cruz e Leo Melo (Tatico); David e Capixaba.

Iinhema e Corumbaense lideram o grupo B, com quatro pontos ganhos, contra três do Itaporã e Sete de Setembro (Dourados). Fora do G4, o Naviraiense tem dois pontos. Urso de Mundo Novo e o campeão estadual - Águia Negra de Rio Brilhante - não marcaram ponto.



Fonte: Sulnews

About the Author

Posted by JORNAL EDUCADORA on quinta-feira, janeiro 24, 2013. Filed under , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By JORNAL EDUCADORA on quinta-feira, janeiro 24, 2013. Filed under , , , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Confusão e âmbulância marcam o clássico "

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Solicita a Estado a Volta da Emissão de Carteira de Identidade no Município

Vereador Salatiel da Radio no Gabinete da Vice-Governadora Rose Modesto O vereador Salatiel da Radio encaminhou oficio a Vice-Governado...

V Í D E O S

V Í D E O S
Juntos Por Sete Quedas - Salatiel Acompanha Operação Tapa Buraco Entre Sete Quedas e Tacuru

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO