Published On:quinta-feira, 18 de abril de 2013
Posted by JORNAL EDUCADORA

Homem é suspeito de matar e enterrar a esposa em Tacuru

Após trabalho de investigação a Polícia Civil prendeu nessa quarta-feira (17), um homem de 57 anos, suspeito de matar a própria esposa e enterrar o corpo no fundo do quintal de casa, em Tacuru.

Segundo a polícia, o desaparecimento de Rosa Pereira Tavares, de 44 anos, teria sido notado por vizinhos e por uma enfermeira que fornecia medicamentos freqüentemente à dona de casa, no dia 18 de março, mas somente uma semana depois é que o marido, Aparecido Barbosa da Silva, o “Madruga”, como também é conhecido, compareceu na Delegacia para formalizar a denúncia do desaparecimento.
De posse da notícia sobre o desaparecimento da mulher, que tinha problemas de saúde e precisava tomar remédios continuamente, os investigadores passaram a atuar no caso.
Há uma semana, durante vistoria no quintal da residência do casal, os policiais encontraram os medicamentos usados por Rosa Tavares enterrados.
Diante da situação, a equipe de investigação, que tinha certa desconfiança sobre o possível envolvimento de Madruga no sumiço da esposa, passou a vê-lo como suspeito, feito que se agravou ainda mais com sua fuga de Aparecido da cidade após os policiais encontrarem o medicamento enterrado no quintal da residência, que fica situada no centro da cidade.
A prisão
Aparecido da Silva, o Madruga, foi preso pela Polícia Civil na tarde dessa quarta-feira quando transitava pelas ruas da cidade, em Tacuru.
Segundo a PC, ao ser detido, Madruga, que já teria cometido um homicídio na região de Paranhos, na fronteira com o Paraguai, confessou que, de fato, ocultou o corpo da esposa, mas negou ter matado Rosa Tavares.
Segundo relatou o acusado à polícia, ele teria chegado em casa e encontrado a mulher já morta no banheiro da residência.
Segundo Madruga, Rosa Tavares apresentava um ferimento na cabeça, possivelmente provocado por uma pancada contra o vaso ao sofrer uma queda.
Ao se deparar com a mulher morta, ao invés de acionar a policia, ele optou por enterrá-la no quintal da casa e ostentar a versão que Rosa havia desaparecido, tese que para a polícia não bate, já que existem informações que Madruga era um marido violento e freqüentemente agredia a esposa.
Na Delegacia de Polícia Civil, em Tacuru, Aparecido Barbosa da Silva, o “Madruga”, de 57 anos, foi autuado em flagrante pelo delegado titular local, Dr. Eduardo Lucena, pelo crime de ocultação de cadáver.
Madruga, que permanece preso, também poderá responder por homicídio qualificado, segundo a polícia.
Fonte: A Gazeta News 

About the Author

Posted by JORNAL EDUCADORA on quinta-feira, abril 18, 2013. Filed under , , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By JORNAL EDUCADORA on quinta-feira, abril 18, 2013. Filed under , , , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Homem é suspeito de matar e enterrar a esposa em Tacuru"

Leave a reply

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Salatiel Acompanha Obra que Finaliza 100% de Pavimentação no Jardim Carimbó

O Vereador Salatiel da Rádio, esteve visitando as obras de pavimentação asfáltica que estão em andamento no Jardim Ca...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO