Published On:sexta-feira, 31 de maio de 2013
Posted by JORNAL EDUCADORA

Assaltante diz que pagou $ 20 mil ao MP paraguaio para ser solto


Clique na Imagem para ampliá-la
O acusado, Wesley dos Santos Ferreira, de 26 anos. Preso no Paraná ele disse que praticou pelo menos oito assaltos na região Cone Sul de MS e pagou $ 20 mil dólares ao Ministério Público do Paraguai para se livrar da cadeia e da extradição para o Brasil. (Foto: Divulgação/A Gazetanews)
Vilson Nascimento
Um assaltante preso essa semana no estado do Paraná sob acusação de envolvimento e vários assaltos a mão armada em municípios da região Cone Sul do Estado, em Mato Grosso do Sul, disse que pagou $ 20 mil (vinte mil dólares) ao Ministério Público paraguaio, naquele país chamado de “Fiscalia” para não ser entregue a polícia brasileira e posteriormente sair da cadeira.
O brasileiro Wesley dos Santos Ferreira, 26 anos, em companhia de outro brasileiro, Delcimar Mendes, 22 anos, foram presos em janeiro deste ano em Salto Del Guairá, no Paraguai, após roubarem uma caminhonete em Eldorado, em Mato Grosso do Sul.
Na ocasião a Polícia Nacional do Paraguai se prontificou a entregar a dupla a Polícia Civil brasileira, mas o Ministério Público do Paraguai, apesar dos brasileiros estarem em situação irregular naquele país, negou a extradição alegando que a dupla tinha familiares no Paraguai e colou os assaltantes em liberdade.
A Prisão
Wesley Ferreira, que meses atrás foi reconhecido por testemunhas ao tentar praticar um assalto na cidade de Sete Quedas, após ter tido sua foto publicada pelo A Gazetanews, acabou preso essa semana na cidade de Rolândia, no Paraná.
Segundo o delegado que comandou as investigações até a localização e a prisão do acusado, Dr. Claudineis Galinari, que atua como delegado titular em Eldorado, em depoimento, após a prisão, Wesley contou detalhes de como se livrou da cadeia no Paraguai e da extradição para o Brasil.
Veja vídeo de Wesley no dia da prisão no Paraguai:
Segundo o acusado, que na época da detenção no Paraguai chegou a ser ouvido pelo delegado Dr. Galinari, ele teria pagado o suborno ao Ministério Público do Paraguai, em Salto Del Guairá com dinheiro oriundo da venda de carros roubados na região Cone Sul de MS e de tráfico de drogas que ele e seu comparsa vinham guardando.
De acordo com Dr. Galinari, ao ser preso no Paraná, Wesley teria confessado a prática de pelo menos sete assaltos a mão armada na região nos últimos meses.
Cinco desses assaltos foram praticados na cidade de Eldorado, um em Itaquiraí e outro na cidade de Mundo Novo.
Segundo teria relatado Wesley Ferreira ao delegado na hora da prisão, ele utilizava uma pistola marca Inbel, calibre ponto 45 milímetros para render as vítimas e praticar o roubo.
Fonte: A Gazeta News 

About the Author

Posted by JORNAL EDUCADORA on sexta-feira, maio 31, 2013. Filed under , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By JORNAL EDUCADORA on sexta-feira, maio 31, 2013. Filed under , , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Assaltante diz que pagou $ 20 mil ao MP paraguaio para ser solto"

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Solicita a Estado a Volta da Emissão de Carteira de Identidade no Município

Vereador Salatiel da Radio no Gabinete da Vice-Governadora Rose Modesto O vereador Salatiel da Radio encaminhou oficio a Vice-Governado...

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO