Published On:quarta-feira, 22 de maio de 2013
Posted by salatiel assis

Mesmo contrariados, PMs acabam com o aquartelamento



Discussão que acabou aprovando proposta do governo.

Discussão que acabou aprovando proposta do governo.
“Não é uma boa, não nos serve, mas em prol da população resolvemos engolir o que o governo propôs”, comentou o presidente da Associação de Cabos e Soldados, Edmar Soares.
Os PMs foram até a Assembleia Legislativa na tarde desta quarta-feira para fazer a última tentativa por valores maiores, mas receberam do presidente da Casa, Jerson Domingos um "não".
O Legislativo intermediou as negociações com a categoria e, segundo o deputado, o governo chegou ao máximo que poderia, inclusive, apresentando só hoje duas propostas diferentes.
Com a decisão, os soldados terão 11% em 2013, 14% em maio de 2014 e 22% em dezembro também do próximo ano. Os cabos conseguiram 9,6% em 2013, 11,6% para maio e 13,65% para dezembro de 2014. Nesses percentuais já está o valor da etapa alimentação, um vale no valor de R$ 100,00 que será pago a todo o efetivo. 
Também ficou acertada a abertura de vagas para promoções dentro da Polícia Militar. O Curso de Formação de Sargentos, por tempo de serviço, terá 105 vagas. O Curso para Sargento, por mérito, terá 150. O Curso para Cabos, já em junho começa a oferecer 200 vagas e o de Habilitação de Oficiais terá 60 vagas.
O governo assumiu o compromisso de repassar novas fardas à Polícia Militar em setembro, outra reivindicação dos policiais.
Desde a manhã de hoje, os PMs estão reunidos em assembleia para discutir o reajuste. Em duas votações os índices foram rejeitados, mas a Assembleia convocou sessão extraordinária e informou que iria colocar a tabela do governo em votação mesmo com a negativa da categoria. 
campograndenews

About the Author

Posted by salatiel assis on quarta-feira, maio 22, 2013. Filed under , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By salatiel assis on quarta-feira, maio 22, 2013. Filed under , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

2 comentários for "Mesmo contrariados, PMs acabam com o aquartelamento"

  1. Na verdade o Governador de novo usou de má fé com nós policiais militares ficando assim Maio/2013: 7% + R$ 100,00 - Maio/2014: 10% - Dezembro/2014: 18%.
    De novo agiu de má fé, deixando o reajuste para que seu sucessor pague.

  2. O Mato Grosso do Sul tá quebrado, sempre teve. Mas para esse bando de politicos safado e ladrão dinheiro não falta. Depois aparece esses oprtunista tipo mara casero, lauro davi e outros tapeando oferecendo uma verbinha mizerável aqui e alí. o grosso eles enbolsam. Os puxa saco e o povão trouxa vibra e acha que fazem uma vantagen danada. por isso o brasil tá nessa merda.

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Solicita a Estado a Volta da Emissão de Carteira de Identidade no Município

Vereador Salatiel da Radio no Gabinete da Vice-Governadora Rose Modesto O vereador Salatiel da Radio encaminhou oficio a Vice-Governado...

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO