Published On:domingo, 23 de junho de 2013
Posted by salatiel assis

Acusado de Matar Índio em Fazenda de Sete Quedas diz Que é Inocente

Local onde o indígena foi assassinado no dia 22 de junho


Salatiel Assis – Drt - 570

O acusado de assassinar o indígena Celso Figueiredo, de 34 anos, em uma fazenda, no município de Sete Quedas, alegou inocência ao sair da Delegacia de Sete Quedas, após a fiança de 10 salários mínimos ser paga. O valor foi arrecadado entre um grupo de produtores rurais da região, ao manter contato com o acusado e sentirem que o mesmo deve provar sua inocência em liberdade. ”Não podemos deixar que um trabalhador, fique preso, sem ter cometido crime” disseram os produtores rurais que participaram do movimento.

O Trabalhador Rural, Ivonei Gabriel Vieira, 35 anos, é empregado da Fazenda Califórnia, local onde o indígena foi assassinado no último dia 12 de junho, em uma emboscada praticada por um homem encapuzado.

Segundo o trabalhador rural que mora na região mais de 10 anos trabalhando em fazendas, e a mais de 2 anos trabalhando na fazenda Califórnia, sempre teve bom relacionamento com todos na região, nunca teve conflito com ninguém. Ivonei disse que conhecia o indígena apenas de passagem, e que o mesmo prestou serviços na fazenda por aproximadamente 30 dias e que nunca teve conflito com o mesmo e nem com seus familiares, e que encontrava o indígena pela fazenda mas que sempre tiveram passagens amigáveis, não só ele como todos os funcionários da fazenda.

Ainda segundo Ivonei, no dia do fato, realizou seus trabalhos normalmente como de costume, pois não tinha conhecimento do assassinato. Por volta das 4 da manhã fez seus trabalhos do dia a dia, que era a vistoria dos animais na mangueira, sempre acompanhado do seu parceiro de lida. Por volta das 8 da manhã encontraram um grupo de indígenas em uma estrada no interior da fazenda, os mesmos disseram que estavam se dirigindo ao local onde um índio havia sido morto. Os dois empregados acompanhar os indígenas e posteriormente a policia que já chegava ao local. Permaneceram ali juntamente com os indígenas e os policiais até retirada do corpo do local, que ficava em um local distante da seda da mesma.

Quanto às acusações o trabalhador rural, alega que a arma apreendida em sua residência era para a defesa da sua família, e que felizmente nunca teve que usá-la para este fim. E que o suposto sangue encontrado em uma peça de roupa, e uma tinta vermelha usada para marcar animais vacinados. E que tudo será provado com os resultados dos laudos periciais que foram requisitados pela Policia Civil.


 “Eu sou um trabalhador que nunca tive problema com ninguém, e tenho certeza que isso ira se provar. Isso me prejudicou muito, eu e minha família, por isso quero que tudo se esclareça o mais rápido possível. Não sei se minha vida poderá voltar ao normal, mas preciso mostrar que sou inocente” finalizou.

About the Author

Posted by salatiel assis on domingo, junho 23, 2013. Filed under , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By salatiel assis on domingo, junho 23, 2013. Filed under , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

1 comentários for "Acusado de Matar Índio em Fazenda de Sete Quedas diz Que é Inocente"

  1. Se ficar provado a inocência... Danos morais no estado!

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Solicita a Estado a Volta da Emissão de Carteira de Identidade no Município

Vereador Salatiel da Radio no Gabinete da Vice-Governadora Rose Modesto O vereador Salatiel da Radio encaminhou oficio a Vice-Governado...

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO