Vereador Saulinho Realiza Amistoso entre Conjunto Iporã e Pindoty

Posted by salatiel | segunda-feira, 8 de abril de 2013 | Posted in , , , , ,



O Vereador Saulinho, realizou no domingo um amistoso entre as equipes do Conjunto Iporã “Casinhas”, e a equipe de Pindoty Porã, do distrito do município de Corpos Christ no Paraguai.
O jogo aconteceu no Estádio Municipal as 10 da manhã, e terminou 6 x 4 para a equipe de Pindoty. O vereador que também e atleta da Equipe das “Casinhas” bairro onde reside, disse que o amistoso servirá de preparação para o Campeonato Municipal que se iniciara em breve, da qual a equipe participara mais uma vez. O Conjunto Iporã já foi campeão por duas vezes desse campeonato, e espera sagrar-se campeã novamente este ano.  A equipe que também conquistou vários torneios na região esta animada para mais este campeonato.
“Temos certeza que se fosse pelo campeonato não teríamos perdido este jogo, pois nossa equipe entrou na correria deles e por isso nos perdemos. Conseguimos nos organizar e empatar, e ai facilitamos novamente. Em campeonato isso não pode acontecer” disse o atleta Leandro Perkasqui.
Já o vereador Saulinho reclamou a ausência de alguns titulares da equipe, como ele mesmo que esta contundido e também não atuou na partida, e ficou  como treinador. “Pode ter certeza que se estivéssemos com o time completo, ganharíamos essa partida, mas estamos sem três titulares, no campeonato vai ser diferente”, disse ao final da partida.

Preso em Paranhos, médico acusado de matar no “Vale do Ivinhema”

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , , , ,



Clique na Imagem para ampliá-la
Segundo a polícia, esta espingarda, apresentada no Tribunal do Júri, durante o julgamento do médico e do vigia, teria sido usada para matar o médico no “Vale do Ivinhema”. (Foto: Dourados Agora)
Vilson Nascimento
Policiais militares prenderam, nesse domingo (7) em Paranhos, na fronteira com o Paraguai, um médico de 46 anos, procurado pela Justiça do estado do Paraná.
Miguel Angel Carballar Arevolos, que é de nacionalidade paraguaia, estava na cidade da fronteira, segundo ele, a procura de emprego na Prefeitura local.
Durante a abordagem, os policiais militares descobriram que pesava em desfavor do médico, um mandado de prisão em aberto na Comarca de Cruzeiro do Oeste, no Paraná, por descumprimento de determinação judicial em Mato Grosso do Sul, onde, em teoria, estaria cumprindo pena pelo assassinato de outro médico, crime ocorrido em 2007 na região do “Vale do Ivinhema”.
Segundo o hoje delegado titular de Polícia Civil em Sete Quedas, Dr. Rinaldo Gomes Moreira, que na época comandou as investigações e prendeu Miguel Arevalos na região do Vale do Ivinhema, o médico, em companhia de um vigia de um hospital da cidade de Novo Horizonte do Sul, teria emboscado e matado, com o objetivo de tomar o cargo a vítima, o também médico e diretor do Hospital Municipal de Taquarussu, Dr. Ademir Pimenta dos Reis.
Segundo o delegado, que era titular na Delegacia de Nova Andradina na época, durante a emboscada, que aconteceu na região de uma ponte que liga Taquarussu a Nova Andradina, uma psicóloga e uma enfermeira que estavam com Dr. Ademir Reis no carro também acabaram feridas.
Na ocasião, de acordo com o delegado, os acusados utilizaram uma espingarda calibre 12 para atirar contra a vítima.
Levados a júri popular, em primeiro julgamento o vigia foi condenado a 34,8 anos de prisão e o médico, apontado como o autor intelectual do crime, acabou pegando uma pena de 47 anos de prisão.
Miguel Arevalos recorreu da condenação e teve a pena reduzida para 17 anos, mas, segundo o delegado, após trabalhar por certo tempo no ambulatório do Presídio Harry Amorim Costa (PAHC), em Dourados, teria ficado apenas pouco mais de dois anos preso, sendo colocado em liberdade sob regime condicional.
O vigia acusado de participação no crime na época, Wandir Roque Fernandes da Silva, de 49 anos, também teve a pena reduzida em cinco anos, durante o recurso.
Segundo o delegado, Dr. Rinaldo Moreira, em primeiro momento o médico Miguel Angel Carballar Arevalos deverá permanecer preso na Delegacia de Polícia Civil de Sete Quedas, sede da Comarca a qual o município de Paranhos pertence, mas posteriormente deverá ser levado à cidade paranaense de onde o mandado de prisão em seu desfavor se origina.
Fonte: A Gazeta News 

Identificado Segundo Assaltante Morto no Sábado Pela PM de Sete Quedas

Posted by salatiel | | Posted in , , , ,

Policial Ferido no abdômen Passa Bem
A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta segunda-feira informação de que foi identificado o assaltante que morreu no confronto com a PM local no último sábado. Como Sendo Fernando Elias Nunes Fleitas, 23 anos de idade, vulgo Cacique, com mandado de prisão em aberto pelo Paraná. O primeiro assaltante que morreu no confronto com os foi identificado Roverson Bonifácio Viera, de 28 anos, natural de Paloma, mas residente na cidade de Corpus Christi, no Paraguai, também com mandado de prisão.


Segundo os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, policiais militares faziam uma ronda de rotina pela cidade quando receberam a informação de que criminosos estavam assaltando motoristas no Centro da cidade.
De acordo com informações da Polícia Militar, por volta das 20:30 horas do Sabado, a PM recebeu uma denúncia, informando que dois homens estariam tentando abrir as portas de um veículo no centro da cidade. Ao perceberem a movimentação no local, os suspeitos foram embora. Sendo que assim que chegaram ao local teve início um intenso tiroteio, que resultou na morte de um dos dois suspeitos, um foi ferido e encaminhado ao Hospital Municipal, e acabou morrendo em decorrência dos ferimentos e deixou um policial ferido, que foi atendido e se encontra em estado estável.

Detalhes da Ação

Dois militares foram até o local e conseguiram localizar os suspeitos e durante a abordagem, um dos criminosos, um homem de 28 anos, disparou contra os policiais. Outros policiais militares e civis chegaram ao local, e logo teve início um intenso tiroteio, que assustou moradores e pedestres, que logo tentaram sair da região. Um dos militares foi ferido na barriga, e mesmo assim, conseguiu atirar contra os criminosos. O  jovem de 23 anos foi atingido e morreu no local.
O outro homem, autor do disparo contra o policial, tentou fugir, disparando vários tiros contra os militares. Ele foi perseguido por uma distancia de aproximadamente 200 metros e revidou a ação, o policial agiu em legítima atingindo o assaltante com dois tiros. 
Os bandidos estavam armados com pistolas calibre .45.

Um assaltante foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, enquanto que um quarto conseguiu fugir ao cerco policial.
Logo após o término do tiroteio, uma equpe da Polícia Civil, chefiada pelo delegado de plantão Rinaldo Moreira, foi até o local para iniciar as investigações e periciar as vias de acessos aonde aconteceu o confronto.

Cápsulas de projéteis de armas de fogo deflagradas foram recolhidas no local, sendo que as mesmas serão periciadas. Testemunhas foram ouvidas preliminarmente, mas elas deverão comparecer nos próximos dias a Delegacia para prestar depoimento.

Todos os criminosos já foram identificados, sendo que eles já possuem passagem pela polícia por assaltos a motoristas, e também, por roubos de veículos no Mato Grosso do Sul e Paraná. Um dos criminosos usava uma pistola calibre 45, originária da Argentina, e de uso restrito militar, a qual foi apreendida.

Três dos suspeitos tinha contra si, mandados de prisão em aberto.

Os policiais militares que participaram da ação também compareceram, de forma espontânea, a Delegacia de Polícia Civil, onde após prestaram depoimento, foram liberados. Suas armas também serão periciadas.

Os policiais civis e militares constataram que durante o confronto entre bandidos e policiais no Centro de Sete Quedas, nenhum civil teria ficado ferido.

Corpos Recolhidos por Familiares

Os corpos dos dois indivíduos mortos no confronto foram reclamado por faliniares. O paraguaio Roverson Bonifácio Viera, de 28 anos, e o brasileiro, Fernando Elias Nunes Freitas, o “Cacique”, de 23 anos, segundo a polícia, ambos já com passagem pela polícia por prática de crimes, foram levados para o Paraguai.
Roverson Bonifácio Viera, era natural da cidade de La Paloma, no Paraguai.
O Corpo Fernando Freitas, o “Cacique”, foi levado para a cidade de Salto Del Guairá, na divida com o Brasil.

Primeiro Assaltante morto no confronto





OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO