Preso em Itaquiraí acusado de furtar CRAS em Paranhos

Posted by JORNAL EDUCADORA | quinta-feira, 25 de abril de 2013 | Posted in , , , , ,



Clique na Imagem para ampliá-la
O acusado, Alexandre Conrado da Silva e os produtos furtados por ele do CRAS e recuperado pela Polícia Civil local, em Paranhos. (Fotos: Divulgação)
Vilson Nascimento
Através de trabalho de investigação, a Polícia Civil prendeu essa semana em Itaquiraí, um indivíduo acusado de furtar o CRAS (Centro de Referência à Assistência Social) do município de Paranhos.
Segundo o delegado que comandou as investigações do caso, Dr. Rinaldo Gomes Moreira, agindo em companhia de um adolescente de 16 anos, Alexandre Conrado da Silva, morador em Paranhos, teria adentrado, na noite de segunda-feira (22), no CRAS da cidade da fronteira com o Paraguai e furtado um computador e outros objetos de uso cotidiano daquele órgão público.
Ao tomar conhecimento do furto, a Polícia Civil passou a atuar no caso e chegou ao nome de Conrado como sendo o principal suspeito.
Segundo Dr. Rinaldo, que é delegado titular em Sete Quedas, mas responde pela Delegacia de Paranhos atualmente, no curso das investigações a equipe descobriu que Alexandre Conrado teria deixado a cidade abordo de um ônibus de passageiros com destino a cidade de Naviraí.
De posse das informações, a Polícia Civil de Paranhos acionou às demais unidades policiais da região, que passaram a atuar no caso.
Segundo o delegado, ao ser localizado ainda dentro do ônibus, em Itaquiraí, os policiais também encontraram na bagagem de Alexandre, 117 esferas da droga conhecida como “haxixe”.
De acordo com a Polícia Civil, ao receber voz de prisão, o rapaz teria confessado o furto no órgão público em Paranhos e relatado que os produtos furtados haviam sido trocados pela droga que carregava consigo na hora da abordagem em Ypêjhú, cidade paraguaia que faz fronteira seca com Paranhos, no Brasil.
Diante das informações, a Polícia Civil de Paranhos solicitou apoio da Polícia Nacional do Paraguai, em Ypêjhú, que de pronto atendeu o pedido, efetuou diligências e recuperou os produtos furtados.
Segundo Dr. Rinaldo Moreira, após ser preso Alexandre Conrado da Silva foi autuando em flagrante pelo crime de tráfico de drogas em Itaquiraí e indiciado em inquérito por furto na cidade de Paranhos.
Ele permanece preso na cadeia pública de Itaquiraí à disposição da Justiça daquela Comarca.
Fonte: A Gazeta News 

Exército paraguaio troca tiros com a PF em Japorã

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , , ,



Clique na Imagem para ampliá-la
Os equipamentos aprenedidos no veículo dos policiais federais. (Foto: Correio do Estado)
Vilson Nascimento
Dois agentes da Polícia Federal, segundo as informações, lotados na Delegacia de Naviraí, trocaram tiros com militares do exército do Paraguai, no final da tarde dessa quarta-feira (24) em Japorã.
Segundo o Boletim de Ocorrência lavrado pela Polícia Militar de Japorã, que acompanhou o caso, o confronto aconteceu por volta das 18h50 na linha internacional que separa os dois países, próximo a cidade de Japorã.
De acordo com o BO, os policiais federais, abordo de uma pick-up Montana cor preta e com giroflex ligado, estavam perseguindo dois veículos pela linha internacional, quando ocorreu o confronto.
Segundo teria relatado os policiais federais à PM, os carros perseguidos se deslocavam do lado paraguaio da fronteira. Já eles estariam do lado brasileiro, quando foram surpreendidos já a tiros pelos militares paraguaios.
Durante o confronto os policiais brasileiros teriam abandonado a Montana, que, além do giroflex, não apresentava nenhuma outra identificação identificando ser da polícia, e se embrenharam em uma mata.
Logo cerca de 15 homens, tanto do exército como da Polícia Nacional do país visinho, teriam se aglomerado no local e levado a pick-up para o lado paraguaio na fronteira com os objetos que estavam sem seu interior, entre eles, coletes a prova de balas da Polícia Federal, uma metralhadora e até granadas.
Paraguaios tentaram negociar devolução
Segundo consta no Boletim de Ocorrência, após levarem o veículo para seu lado da fronteira, o exército e a Polícia Nacional teriam tentado insistentemente fazer os agentes federeis cruzarem para o lado paraguaio para negociar a devolução do carro com os equipamentos, porém eles foram orientados pelos PMs a não ir até o local sob pena de serem detidos pelas autoridades paraguaias.
De acordo com a PM, outro veículo descaracterizado, um Gol, cor prata, passou pelo local e recolheu os PFs.
Já a Montana com os equipamentos dos policiais brasileiros foram levados para a cidade de Salto Del Guairá, no Paraguai, que fica a aproximadamente 30 quilômetros de distância.
Para a imprensa daquele país, a polícia paraguaia disse que foram os brasileiros que invadiram o Paraguai durante a perseguição aos veículos, que acabaram fugindo.
Fonte: A Gazeta News 

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO