Published On:sexta-feira, 16 de maio de 2014
Posted by salatiel assis

Radialista é Assassinado Na Fronteira com o Paraguay

Radialista morto em Pedro Juan recebeu 12 disparos de duas armas As rádios de Pedro Juan Caballero,de todo o Paraguai assim como os meios de comunicação de Ponta Porã (Brasil) estão de luto no dia de hoje, 16 de maio, devido ao ocorrido; é triste, é muito triste e mais uma vez nós ficamos de mãos atadas, pois não sabemos o que fazer num momento como este”, essas foram as palavras do Prefeito de Pedro Juan Caballero José Carlos Acevedo, ao site Pontaporainforma, no momento em que estava dentro da casa do radialista e advogado Fausto Gabriel Alcaráz que foi assassinado por volta das 12h40min quando chegava em sua residência, no bairro Maria Vitória, nas proximidades da Rádio Mburucuya AM.
Informações dão conta que Gabriel Alcaráz era primo-irmão da esposa do senador Robert Acevedo, Zulma Icassati Acevedo.
O senador Robert Azevedo, que também está no local onde aconteceu o crime, procurado pelo Pontaporainforma, agradeceu a atenção da divulgação de mais um crime contra um periodista (jornalista) de Pedro Juan Caballero, mas com a voz embargada, pediu desculpas dizendo não teria condições psicológicas de fazer qualquer comentário no momento.
Fausto Gabriel Alcaráz estava no Rádio há pouco mais de 3 anos e também estava concluindo a faculdade no curso de direito.


O Crime:
O radialista Gabriel Alcaráz havia terminado o programa que apresentava na Rádio Amambay 570 AM em Pedro Juan Caballero, no Paraguai e abordo de seu veiculo se dirigiu para sua residência que fica no bairro Maria Vitória. No momento em que estacionou o carro no portão, de acordo com testemunhas, percebeu que dois homens a bordo de uma motocicleta, sem placas, de arma em punho vieram em sua direção e neste momento, Alcaráz correu para dentro de sua casa, mas mesmo assim recebeu os primeiros impactos de pistola 9mm, sendo que os seus executores entraram dentro do quintal e o executaram a alguns metros da porta da casa de sua mãe, que ao ouvir os disparos, saiu correndo e acabou encontrando o filho já caído no solo, na ânsia da morte.
O promotor de Justiça, Samuel Valdez, juntamente com a sua equipe de peritos, realizaram um minucioso trabalho para localizar as cápsulas e os projéteis que ficaram espalhadas pelo local, sendo constatado que foram 12 disparos e no local haviam cápsulas e projéteis de arma .40 e de pistola 9mm, e quase todos acertaram o corpo de Gabriel Alcaráz.
Neste momento todas as emissoras do Paraguai divulgam nota lamentando o ocorrido com este periodista (Jornalista) e relembram o caso de Santiago Lequizamon, que também era jornalista em Pedro Juan Caballero e também foi assassinado na cidade paraguaia.
Seus companheiros de trabalho informaram que em nenhum momento ou dia, Alcaráz veio a reclamar que estava sofrendo algum tipo de ameaça.
O Corpo de Gabriel Alcaráz foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Pedro Juan Caballero e em seguida será levado para o local para ser velado. Informações repassadas a pouco, afirma que o velório será na casa da irmã da vítima, a poucos metros de onde aconteceu o assassinato.
O círculo de Periodistas de Pedro Juan Caballero estará divulgando uma nota lamentando e repudiando o ocorrido.

About the Author

Posted by salatiel assis on sexta-feira, maio 16, 2014. Filed under , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By salatiel assis on sexta-feira, maio 16, 2014. Filed under , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Radialista é Assassinado Na Fronteira com o Paraguay"

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Agradece Administração Por Atender Sua Solicitação Em Posto de Saúde

O Vereador Salatiel da Rádio Agradeceu a Administração Municipal, que através do Prefeito Chico Pirolli atendeu sua solicitação que p...

V Í D E O S

V Í D E O S
Juntos Por Sete Quedas - Salatiel Acompanha Operação Tapa Buraco Entre Sete Quedas e Tacuru

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO