Published On:segunda-feira, 7 de março de 2016
Posted by salatiel assis

Juiz de Direito Esta Preocupado Com a Violência Contra a Mulher em Sete Quedas: Temos Muitos Casos

Fórum da Comarca de Sete Quedas Recebe muitas mulheres vítimas de violência domestica  


O juiz de Direito da Comarca de Sete Quedas, Dr. Guilherme Henrique Berto de Almada, reuniu membros da comunidade setequedense e a imprensa local para uma pequena palestra sobre a Violência Domestica, que esta se tornando um dos grandes males entre as famílias do país. 

A palestra teve como intuito a conscientização da comunidade quanto a necessidade de diminuir e até acabar com esse grande mau que assola nossa sociedade. A reunião faz parte da Campanha Justiça Pela Paz em Casa, que uma iniciativa da Ministra Cármen Lúcia, do S.T.F. em âmbito nacional, que consiste em um esforço de todos os Tribunais de Justiça do país para agilizar os processos relacionados à violência doméstica e familiar contra a mulher. E conscientizar a sociedade por uma mudança na cultura da violência dentro do lar.

Segundo o Juiz, Dr. Guilherme, se criou uma cultura machista de que os homens podem exercer pressão tanto física como psicológica contra as mulheres. ”Temos que acabar com essa cultura machista, que leva as mulheres sofrerem violência dentro de casa, e acharem que estão erradas sempre, e terem medo de denunciar. Muitas mulheres passam uma vida inteira sofrendo pressões e violência dentro de casa” disse.

Segundo o Magistrado, a comarca de sete quedas vive um momento delicado referente a violência domestica. “Apesar de Sete Quedas ser uma cidade pequena, temos muitos casos de violência domestica. Mais de 50% dos casos criminais da Comarca, que abrange os municípios de Sete Quedas e Paranhos, são de violência domestica contra a mulher. Devemos trabalhar para que os casos diminuam, na verdade eles não deveriam acontecer. Mas se conseguirmos diminuir já conseguiremos uma vitória” disse o Juiz.

Ainda segundo Dr. Guilherme, a agressão pode acontecer de varias formas, além da violência física. As ameaças, acabem sendo consideradas violência psicológica, que muitos vezes acaba sendo mais grava que a violência física, pois pode deixar sequelas ainda maiores. Também a subordinação financeira das mulheres acaba sendo considerada violência, quando uma mulher se considera submissa ao poder financeiro do companheiro.

No município estão em vigor muitos casos de Medidas Protetivas, que tem a finalidade de proteger as vítimas de violência doméstica, são aproximadamente 80 medidas em vigor no município.
“Infelizmente muitos mulheres ainda sofrem violência, e não denunciam, e quando denunciam, muitas vezes pedem a suspensão do processo, quando acham que o problema esta abafado. E muitas vezes a violência volta a acontecer. Devemos incentivar que as mulheres denunciem os agressores para que os mesmos possam ser punidos na forma da lei” finalizou o juiz.

O magistrado, espera que as mulheres procurem mais o Fórum ou a policia para que esses tipos de casos possam diminuir ou até acabar no município.

Fonte : educadora91.com

About the Author

Posted by salatiel assis on segunda-feira, março 07, 2016. Filed under , , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By salatiel assis on segunda-feira, março 07, 2016. Filed under , , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Juiz de Direito Esta Preocupado Com a Violência Contra a Mulher em Sete Quedas: Temos Muitos Casos"

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Solicita a Estado a Volta da Emissão de Carteira de Identidade no Município

Vereador Salatiel da Radio no Gabinete da Vice-Governadora Rose Modesto O vereador Salatiel da Radio encaminhou oficio a Vice-Governado...

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO