Confira Os Eleitos Em MS Nas Eleições

Posted by salatiel | quarta-feira, 10 de outubro de 2018 | Posted in , ,


Trezentos e cinquenta e cinco candidaturas disputaram uma das 24 vagas de deputados estaduais em Mato Grosso do Sul.
Dos nomes com mandato, apenas três não concorreram à reeleição: Beto Pereira, do PSDB, e George Takimoto, do MDB, que tentaram vagas na Câmara Federal, e Grazielle Machado, do PSD, que anunciou a desistência da reeleição logo no início deste ano.
Confira abaixo o resultado da apuração:
Capitão Contar (PSL)
Coronel David (PSL)
Jamilson Name (PDT)
Renato Câmara (MDB)
Onevan de Matos (PSDB)
Zé Teixeira (DEM)
Lídio Lopes (PATRI)
Paulo Corrêa (PSDB)
Felipe Orro (PSDB)
Barbosinha (DEM)
Marçal Filho (PSDB)
Professor Rinaldo (PSDB)
Marcio Fernandes (MDB)
Eduardo Rocha (MDB)
Cabo Almi (PT)
Pedro Kemp (PT)
Londres Machado (PSD)
Neno Razuk (PTB)
Herculano Borges (SD)
Gerson Claro (PP)
Antonio Vaz (PRB)
Evander Vendramini (PP)
Lucas de Lima (SD)
João Henrique (PR)
As oito vagas para deputado federal foram disputadas por 130 candidatos, segundo informações do TRE-MS (Tribunal Regional Federal de Mato Grosso do Sul). Três concorrentes mantiveram-se na luta por força de recurso judicial, um deles o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, do PP. Confira abaixo os eleitos, conforme apuração de 100% das urnas:
Rose Modesto (PSDB): 9,76%
Fábio Trad (PSD): 7,24%
Beto Pereira (PSDB): 6,51%
Tereza Cristina (DEM): 6,04%
Tio Trutis (PSL): 4,56% 
Vander Loubet (PT): 4,48%
Dr. Luiz Ovando (PSL): 4,07%
Dagoberto Nogueria (PDT): 3,22%
No Senado,
Nelsinho Trad (PTB) e Soraya Thronicke (PSL) conquistaram as duas vagas no Senado Federal nesta eleição. O petebista teve mais votos e  advogada aliada de Bolsonaro (PSL), ficou com a segunda vaga.
O resultado do petebista não foi surpresa. O ex-prefeito de Campo Grande liderou em quase todas as pesquisas de intenções de voto desde o início da campanha. Na mais recente, feita pelo Ibope e divulgada no dia 5 de outubro, Trad tinha 25% dos votos válidos, seguido por Zeca, com 19% dos votos válidos.
A novidade ficou por conta da eleição e vitória da advogada Soraya Thronicke, que se colocou como a única candidata de Jair Bolsonaro no estado. 
O nome ''Bolsonaro'' alavancou a candidatura de Soraya, que foi apelidada de ''Bolsoraya''. Uma semana antes da eleição, ela teve problemas internos no partido, que segundo a candidata, estava deixando políticos de outra coligação usar o nome do presidenciável para puxar votos, sendo que ela era a única autorizada a fazer isso.

MS Não Elegeu Nenhuma Mulher Deputa Estadual Nessas Eleições

Posted by salatiel | | Posted in , , ,





A deputada estadual Mara Caseiro (PSDB) não conseguiu a
reeleição ao cargo de deputada estadual em Mato Grosso do
 Sul e sai da disputa desapontada com a falta de representantes
 mulheres na Assembleia Legislativa.
"Podemos dizer que a Assembleia Legislativa não ficará
representativa, não será o espelho da sociedade, uma vez
que as mulheres somam 52% do eleitorado, mas nenhuma foi
 eleita pela população", detalhou. Quando questionada sobre
o sistema proporcional de voto, Mara Caseiro lamentou não
ter garantido umas das 24 cadeiras, mesmo recebendo mais
votos do que 12 colegas eleitos.
Ela foi a 13ª candidata mais bem votada para o cargo, mas
ficou na primeira suplência de sua coligação. Nesse processo,
 leva-se em consideração não apenas a votação obtida por um
 candidato, mas o conjunto dos votos de seu partido ou coligação.
"Sabemos que trabalhamos, que nos dedicamos, e vamos
continuar aqui até o ultimo dia de mandato, cumprindo com
nosso compromisso, nossa missão. Não vamos deixar de
defender as bandeiras que acreditamos, os direitos das
mulheres, das crianças e jovens. Vamos continuar trabalhando
 até o fim", disse.
Questionada pela imprensa sobre a possibilidade de assumir
uma das 24 cadeiras na próxima legislatura, a partir da
nomeação de algum parlamentar eleito pela sua coligação
em cargo no Governo, Mara Caseiro disse que "o futuro a
Deus pertence".
O parlamento estadual em 2019 será formado por 24 homens
 e nenhuma mulher. Nesta eleição, ninguém do sexo feminino 
foi escolhido como representante no povo na Casa de Leis, 
mesmo o eleitorado feminino do estado apto a votar neste 
ano chegando a 52,1%.
As três deputadas atuais - Grazielle Machado (PR), Mara
Caseiro (PSDB) e Antonieta Trad (PSDB) - terminam seus
mandatos no início do ano. Única que tentou a reeleição,
Mara acabou de fora da Assembleia Legislativa.
Eleitorado:
Mato Grosso do Sul tem 1,8 milhão de eleitores, dos quais 936
mil são mulheres. Atualmente, 30% das candidaturas nos
partidos políticos precisam ser obrigatoriamente de mulheres.
No entanto, a eleição delas ainda continua inexpressiva.  

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO