Published On:quarta-feira, 8 de julho de 2020
Posted by salatiel

Homem Descobre Que Bebê de 2 meses Não é Sua Filha e Mata a Criança


Homem, que não teve a identidade revelada, foi preso acusado de matar uma criança de 2 meses, em Miranda.  Segundo investigação, ele teria cometido o crime por vingança, após descobrir que a vítima não era sua filha. O caso foi divulgado hoje (7).

Segundo informou a Polícia Civil, o caso ocorreu em abril. Na ocasião, ao chegar no hospital, não havia uma causa explícita para o falecimento do bebê, que tinha uma lesão na bochecha do lado esquerdo. À época, o homem disse que o ferimento era resultado de uma brincadeira do irmão, de 3 anos. 

Entretanto, o laudo necroscópico concluiu que a vítima morreu em razão de asfixia mecânica, por provável obstrução das vias aéreas superiores. Os investigadores descobriram em seguida que o homem, antes da morte, teria agredido a criança com socos no rosto e nas costas.

Foi realizado o pedido de prisão preventiva e o homem preso. Em depoimento, ele confessou que, devido a uma discussão com a esposa, bateu na criança e depois a enforcou. 

Ele descobriu que a mulher havia se relacionado com o irmão dele e que, na verdade, ele não era o pai da criança, e sim seu irmão.

About the Author

Posted by salatiel on quarta-feira, julho 08, 2020. Filed under , , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By salatiel on quarta-feira, julho 08, 2020. Filed under , , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Homem Descobre Que Bebê de 2 meses Não é Sua Filha e Mata a Criança"

Leave a reply

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Salatiel Acompanha Obra que Finaliza 100% de Pavimentação no Jardim Carimbó

O Vereador Salatiel da Rádio, esteve visitando as obras de pavimentação asfáltica que estão em andamento no Jardim Ca...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO