Dourados Tem Mais de 400 Pagamentos de Auxílio Emergencial Fraudados

Posted by salatiel | domingo, 26 de julho de 2020 | Posted in , , ,


Crédito: Marcello Casal Jr/Agência BrasilCrédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Controladoria Geral da União descobriu que 419 pagamentos do auxílio emergencial em Dourados, se deram de forma irregular. Os beneficiários não atendiam aos requisitos básicos, mas mesmo assim deram entrada, e sem uma gestão aplicada da Caixa Econômica Federal, tiveram os provimentos autorizados.

O auxílio, popularmente chamado de corona voucher, permitiu a profissionais autônomos, desempregados e cidadãos sem renda fixa, um aporte mínimo de R$ 600 para enfrentar a crise financeira provocada pela pandemia do novo coronavírus. Mulheres chefes de família tiveram o valor dobrado.

A CGU explicou ao O PROGRESSO que os resultados foram obtidos por cruzamento de informações, e incluiu até pessoas ligadas ao serviço público. Esses casos, ressalta o órgão, demandam fiscalização própria da gestão local.

Segundo o portal da transparência do Ministério da Cidadania, foram autorizados em Dourados pagamentos já avaliados em R$ 37.110.000, referentes aos meses de abril e maio. A CGU não detalhou qual valor do prejuízo que os pagamentos fraudados provocaram, mas afirmou que o cálculo de estimativa recomendada é multiplicando o número de solicitações irregulares por R$ 600, o que em Dourados pode ter resultado em um dano avaliado em mais de R$ 250 mil.

Mato Grosso do Sul

Em Mato Grosso do Sul a CGU descobriu que 3.268 pedidos de auxílio autorizados eram direcionados a servidores públicos municipais, o que provocou um prejuízo de R$ 2.508.600,00 aos cofres federais. Além desses, 1.156 profissionais ligados ao Governo do Estado também deram entrada e conseguiram o benefício. O prejuízo foi de R$ 738.600,00.

Em junho, a Controladoria Geral do Estado cruzou os dados da CGU e determinou o ressarcimento dos valores obtidos. Entre os beneficiários, estava até mesmo um servidor aposentado com remuneração mensal de R$ 35 mil.

De acordo com o controlador-geral do Estado, Carlos Eduardo Girão de Arruda, os benefícios irregulares foram pagos principalmente a aposentados e pensionistas (84,9% dos casos) e servidores da Educação (12,7%, sendo a maioria professores convocados).

O Ministério da Cidadania afirmou ao O PROGRESSO que não possui dados de devolução municipal, apenas em âmbito nacional. Segundo a pasta, o Governo Federal recuperou, até o momento, R$ 83,6 milhões pagos a pessoas que não se enquadraram nos critérios para recebimento do auxílio emergencial. Por meio do site devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br, 91.024 pessoas emitiram Guias de Recolhimento da União (GRU) para restituir valores.

Punição

O auxílio emergencial é destinado exclusivamente a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), autônomos e desempregados, com renda domiciliar per capita de até R$ 522,50 ou a renda total do domicílio que não ultrapasse a três salários-mínimos (R$ 3.135). Quem mentiu no ato da solicitação, pode ser enquadrado no crime de estelionato, que prevê pena de até 5 anos. Considerando que o crime é contra a União, essa punição cautelar pode ser estendida até seis anos e oito meses.

Em entrevista ao UOL, o promotor de Justiça do Ministério Público de São Paulo Rogério Sanches Cunha, explicou que, considerando o fato do auxílio ser dividido em três parcelas que ainda estão sendo pagas, o crime continua em andamento.

Dessa maneira, a pessoa que fraudou o cadastro pode ser presa em flagrante a qualquer momento. Nesse caso, cabe à Polícia Federal investigar e ao Ministério Público Federal denunciar os fraudadores. Para quem teve o CPF utilizado indevidamente, o que configura golpe, precisa buscar a polícia para registro de boletim de ocorrência.

Operadoras começam testes no Brasil da tecnologia 5G

Posted by salatiel | | Posted in , ,


 
© MARCELLO CASAL JR© MARCELLO CASAL JR

As maiores operadoras do país de telefonia celular iniciaram neste mês de julho o funcionamento, em caráter experimental, da tecnologia de quinta geração (5G) para os aparelhos móveis.

Neste primeiro momento, o 5G compartilhará as faixas de transmissão já existentes do 3G e do 4G, com o uso da tecnologia chamada DSS (compartilhamento dinâmico de espectro, na sigla em inglês).

Isso ocorre porque o leilão do espaço do espectro, destinado exclusivamente ao 5G (a faixa de 3,5GHz), só deverá ocorrer no início de 2021.

Com a tecnologia DSS é possível compartilhar, com o 5G, a faixa do 3G e 4G não utilizada. No entanto, como esse espectro não possui uma banda contínua e dedicada, a experiência do 5G ainda não poderá ser utilizada em sua totalidade.

O 5G, em sua máxima potência, deverá oferecer altíssimas velocidades de internet, maior confiabilidade e disponibilidade, além da capacidade para conectar massivamente um número significativo de aparelhos ao mesmo tempo.

Para poder utilizar o serviço, porém, o usuário terá de ter em mãos um aparelho celular que seja compatível com a tecnologia 5G.

Hoje, no mercado brasileiro, há apenas um modelo disponível com a tecnologia, o Motorola Edge, com valor acima de R$ 4,9 mil na loja oficial da fabricante.

Locais com cobertura 5G

A operadora Vivo está ativando, no mês de julho, o funcionamento do 5G DSS em oito cidades brasileiras: São Paulo (regiões da Avenida Paulista, Vila Olímpia e Berrini), Brasília (regiões do Eixo Monumental, Esplanada dos Ministérios e shoppings), Belo Horizonte (regiões da Savassi e Afonso Pena), Salvador (regiões da Pituba e Itaigara), Rio de Janeiro (Copacabana, Ipanema e Leblon), Goiânia (região central da cidade), Curitiba (regiões do Centro Cívico/Alto da Glória e Batel/Água Verde), Porto Alegre (regiões do Moinhos de Vento, Avenida Carlos Gomes e Shopping Iguatemi).

Já a o 5G DSS da operadora Claro está disponível inicialmente em São Paulo, desde a última semana, na região da Avenida Paulista e Jardins.

Em seguida, vai gradativamente estender-se pelos bairros Campo Belo, Vila Madalena, Pinheiros, Itaim, Moema, Brooklin, Vila Olímpia, Cerqueira César, Paraíso, Ibirapuera, além da região da Avenida Berrini e também de Santo Amaro.

O serviço será instalado também na Central Única das Favelas (CUFA) e no Instituto Pró-Saber SP, ambos na comunidade de Paraisópolis, onde a operadora desenvolve trabalhos sociais.

No Rio de Janeiro, os primeiros pontos de cobertura estarão em Ipanema, Leblon e na Lagoa. Devem se expandir por toda a orla, do Leme até a Barra da Tijuca, passando pelo Jardim Oceânico, Joá, São Conrado e Copacabana.

A cobertura do 5G DSS da operadora TIM terá início em setembro, em três cidades: Bento Gonçalves (RS), Itajubá (MG), e Três Lagoas (MS).

Já a Oi informou que está avaliando iniciar a operação comercial da tecnologia 5G no país antes da realização do leilão de frequências.

A operadora disse que já instalou experimentalmente a tecnologia 5G no país, de forma pontual, no ano passado, no município de Búzios (RJ) e em grandes eventos, como na Conferência Rio2C, GameXP, Rock in Rio e Comic Con Experience (CCXP).

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Salatiel Acompanha Obra que Finaliza 100% de Pavimentação no Jardim Carimbó

O Vereador Salatiel da Rádio, esteve visitando as obras de pavimentação asfáltica que estão em andamento no Jardim Ca...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO