Funcionária de Shopping é Assassinada em Salto

Posted by salatiel | quarta-feira, 27 de agosto de 2014 | Posted in , , ,

agentes-policiales-buscan-evidencias-en-el-lugar-donde-se-produjo-el-ataque-_595_397_1126615

























Salto Del Guairá – Uma jovem de 22 anos morreu e seu namorado de 23 ficou gravemente ferido, após serem atacados por um desconhecido, no interior de uma lanchonete. Foi o que aconteceu nesta quarta-feira (27), por volta das 19h, no Bairro San Francisco em Salto del Guaira.

A vitima foi identificada como Aline Bastian, funcionária do Shopping China.
Aline-Bastian-Fallecida
Aline foi atingida por 3 disparos de arma de fogo calibre 9 mm; enquanto seu companheiro, Cristian David White, foi atingido 4 vezes.
Após o ataque, Cristian estava consciente, sendo encaminhado para um hospital em Ciudad del Este.
De acordo com testemunhas, o casal estava na lanchonete, que pertence à mãe de Cristian, quando um desconhecido, usando capacete, entrou no recinto e sem dizer uma só palavra, disparou contra o casal.
O promotor Julio Cesar Yegros está no caso que aparentemente trata-se de crime passional.

Fonte: César Galeano 

Sem água há 4 meses, indígenas ameaçam bloquear a MS-295

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in ,


Lideranças da Aldeia Arroyo Corá denunciam que várias crianças e idosos já adoeceram por tomar água contaminada de represas e riachos


Clique na Imagem para ampliá-la
Jovens com cartazes pedindo solução para o problema. Caso até sexta-feira nada seja feito para resolver, a comunidade vai bloquear a MS-295 por tempo indeterminado. Manifesto pode começar segunda-feira, diz a população da Arroyo Corá. (Fotos: Vilson Nascimento)
Vilson Nascimento
A comunidade indígena da Aldeia Arroyo Corá, situada a aproximadamente 45 quilômetros da cidade, no município de Paranhos, ameaça bloquear por tempo indeterminado, o trânsito na Rodovia MS-295, trecho que liga Paranhos a região central do Estado, em Mato Grosso do Sul.
A manifestação é por conta da falta de água na reserva indígena, problema que já perdura quatro meses sem que o órgão responsável pela distribuição, ou seja, a SESAI (Secretaria Especial de Saúde Indígena) tome providências, segundo as lideranças locais
De acordo com Dionísio Gonçalves, capitão ou “cacique” como também é chamado o líder da comunidade indígena, deste que a bomba do único poço artesiano existente na aldeia estragou há 120 dias, a população da reserva está sobrevivendo sem água apropriada para o consumo humano.
Veja o pronunciamento do “cacique” Dionísio Gonçalves:
Segundo Dionísio, sem água potável na torneira, as famílias estão sendo obrigadas a consumir água de lagoas formadas pela chuva dentro da própria reserva indígena ou se deslocarem por quilômetros para apanhar água em minas ou em um córrego que passa na divisa entre a Aldeia Arroyo Corá e propriedades rurais.
“Acontece que esse córrego passa por lavoras e pastagens e acaba tendo a água contaminada por agrotóxicos e dejetos de animais. Em relação as lagoas de água da chuva existentes nas aldeia, que normalmente são usada apenas para o consumo dos animais, com a falta de água nas torneiras, as família passaram a usar a água para lavar roupa, lavar louça, tomar banho e em alguns casos até para o consumo, feito que tem provocado doenças como diarréias e vômitos nas crianças, idosos e até mesmo nas pessoas mais jovens ”, disse o cacique.
Prazo até esta sexta-feira
Cansados de esperar por uma solução para o problema, a comunidade de Aldeia Arroyo Corá decidiu estabelecer um prazo até esta sexta-feira, dia 29 de agosto, para que a SESAI e as autoridades competentes apresentem uma solução para o problema.
“Queremos que o problema seja resolvido o mais rápido possível, por isso buscamos a ajuda de vocês da imprensa, para mostrar o grave problema, inclusive de saúde pública, que a falta de água está proporcionando em nossa aldeia. Caso até esta sexta-feira a SESAI e as autoridades competentes não apresentem nenhuma solução, a comunidade já se decidiu, vai bloquear a rodovia e só vai liberar depois que o problema da falta de água for resolvido definitivamente”, disse Dionísio Gonçalves.
Veja no vídeo manifesto da população local:
Segundo o líder guarani-kaiowá, a reivindicação da comunidade é que o poço hoje já existente seja colocado em operação de imediato e para que seja construído um novo poço para atender a demanda.
Segundo Dionísio Gonçalves, a Aldeia Arroyo Corá abrange uma área territorial de mais de 7 mil hectares, abriga 109 famílias e tendo uma população estimada em mais de 700 habitantes.
Fonte: A Gazeta News

Nelsinho e Simone prestigiam inauguração de comitê de Mara Caseiro

Posted by salatiel | | Posted in , , ,














Os candidatos do PMDB ao governo do Estado e ao Senado, Nelsinho Trad e Simone Tebet, participaram na noite desta segunda-feira (25) da inauguração do comitê da deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB), que disputa a reeleição durante o pleito eleitoral deste ano.

O lançamento do “QG” de campanha, localizado no bairro Jardim Bela Vista, em Campo Grande, também foi prestigiado por lideranças de peso como o deputado federal Fábio Trad (PMDB), o deputado estadual, ex-secretário de Habitação do Estado e candidato à Câmara Federal, Carlos Marun (PMDB), a candidata a vice de Nelsinho, Pastora Janete (PSB), o presidente estadual do PTdoB, Morivaldo Firmino, vereadores e ativistas políticos da Capital e do interior.

Além de detalhar suas propostas em áreas estratégicas como saúde, educação e segurança pública, Nelsinho destacou que Mara Caseiro é merecedora da confiança do eleitorado de Mato Grosso do Sul. “O Estado merece a reeleição da Mara, uma mulher guerreira”, discursou.

Simone Tebet lembrou que Mara Caseiro sempre foi engajada politicamente mesmo antes de ocupar cargos públicos e que, por isso, deve alcançar uma votação expressiva este ano, com adesão nos 79 municípios. “Mara deve passear neste caminho rumo à Assembleia, sendo uma das mais votadas, com legitimidade para fazer cobranças de projetos estratégicos para o estado ao próprio governador”, afirmou.

Fábio Trad lembrou da experiência da deputada como vereadora, presidente da Câmara e prefeita de Eldorado por dois mandatos. “Ela é trabalhadora, luta por melhorias em nosso Estado e merece vencer”, disse.

Marun destacou o dinamismo de Mara Caseiro e disse que ela é uma candidata completa, “uma deputada disposta, comprometida e que engrandece o Legislativo de Mato Grosso do Sul”.

Mara Caseiro agradeceu as palavras de apoio e afirmou que Nelsinho Trad tem todas as credenciais para ser um grande governador e dar continuidade ao trabalho já desenvolvido por André Puccinelli na administração estadual. “Nós não podemos correr o risco de que alguém se eleja para paralisar o que já está sendo feito”, disse.

Ela também defendeu suas principais bandeiras, como a descentralização da saúde pública e o aparelhamento dos hospitais do interior.

“Não temos equipamentos, UTIs no interior, e temos de trabalhar para que isso aconteça, porque somente assim a saúde de Campo Grande será melhorada. Enquanto tudo que acontece no interior for trazido para cá, a fila e o desespero pela vida vão continuar. Temos agora a oportunidade de eleger políticos que vão brigar por mais verbas”, discursou.

A deputada também fez o compromisso de continuar lutando pelas escolas de tempo integral, pelos direitos das mulheres e por projetos que tirem os jovens das ruas e do caminho das drogas, a partir da educação, sobretudo do ensino profissionalizante.

“Precisamos de pessoas no poder que olhem para dentro das famílias, para o ser humano, é preciso abraçar o problema”, finalizou.

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO