Salatiel Assis Reunirá PT do B Para Discutir As Eleições de Outubro

Posted by salatiel assis | sábado, 28 de maio de 2016 | Posted in , , , , , ,






O presidente do Partido Trabalhista do Brasil PT do B de Sete Quedas, o Radialista Salatiel Assis, reunirá correligionários filiados ao partido nesta semana para discutir as eleições municipais de outubro próximo.

O encontro contará com participações dos filiados e pré-candidatos a vereadores do partido. “Vamos analisar possíveis candidaturas e alianças e já estaremos discutindo coligações no intuito de eleger vereadores”, disse Salatiel Assis.

Com a possível desistência de alguns atuais vereadores Salatiel espera que os nomes que concorrerão a uma vaga na Câmara de Sete Quedas ganharam uma esperança a mais para conquistar o objetivo de serem eleitos vereadores pelo PTdoB. De acordo com informações preliminares três ou quatro vereadores atuais não concorrerão este ano.
“Estaremos lutando para criar uma chapa com nomes novos que poderão ser opção para a Câmara. Por onde andamos ouvimos a população falar em renovação na Câmara, vamos dar opção para a comunidade, que eles saibam aproveitar” disse o Radialista.
Segundo o Presidente Do PTdoB, este encontro será para salutar para uma boa integração entre os filiados da sigla, os pré-candidatos a vereadores, e para estudar um projeto de renovação dos quadros da Câmara Municipal. Pois o partido conta com vários nomes que estão à disposição do partido para uma possível pré-candidatura. Segundo o presidente todos estão unanimes em buscar uma renovação dos vereadores e o PT do B tem esta proposta.

“A comunidade sempre nos diz que precisamos renovar a Câmara de Sete Quedas, a oportunidade esta chegando, outubro está chegando, e as eleições estão ai. Espero que os eleitores aproveitem a oportunidade” finalizou Salatiel.

Homem Morre Após Ser Espancado em Assalto em Tacuru

Posted by salatiel assis | sexta-feira, 27 de maio de 2016 | Posted in , , ,

Três dias após ser atingido com uma garrafada no rosto, o comerciante Egon Wentz, 69, morador em Tacuru, não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no Hospital da Vida, em Dourados. O óbito foi registrado na tarde de quarta-feira (25).

De acordo com as informações apuradas junto à polícia, na tarde de domingo (22) ele estava em seu mini-mercado, quando Odair da Silva Maciel, 37, o ‘Turu’, anunciou o roubo e o atingiu com o objeto.
Em seguida, fugiu levando R$ 366, um par de sapato e o relógio de pulso da vítima. Horas depois a polícia conseguiu prendê-lo em flagrante.
Já Wentz foi socorrido e encaminhado em estado grave a um hospital da cidade e posteriormente trazido a Dourados, onde morreu.
Odair que foi autuado por latrocínio de forma tentada, agora será indiciado pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte.
Fonte: Douradosnews 

Prefeito Casé Entrega Obras Nesta Sexta-feira em Sete Quedas

Posted by salatiel assis | quarta-feira, 25 de maio de 2016 | Posted in , , ,

Clique na Imagem para ampliá-la
Em um ato com a possível presença do governador de Mato Grosso do Sul, Reinado Azambuja, o governador e o prefeito, José Gomes Goulart, o “Casé”, acompanhados pelos vereadores, autoridades e representantes de classes do município, entregam obras e equipamentos e assinam ordem de serviço para novas ações governamentais nesta sexta-feira, dia 27 de maio, em Sete Quedas. O ato no município da fronteira com o Paraguai está previsto para acontecer às 9h da manhã. 
Segundo Casé, durante a promoção serão inauguradas a reforma e ampliação do Hospital Municipal, realizada a entrega de uma ambulância com UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para atendar na unidade de saúde e inaugurado o “posto de saúde” Estratégia Saúde da Família (ESF) da Vila das Marias.
De acordo com o prefeito, durante a visita do governador ao município também serão realizadas a entrega de 47 títulos de posse definitiva de imóvel para famílias moradoras em Sete Quedas, assinada a ordem de serviço para a implantação do Parque Industrial, realizada a entrega de uma pá carregadeira à Prefeitura local, além da visita a obras de pavimentação e drenagem na Vila da Paz, Conjunto Habitacional Iporã e na região do “Projetinho”.
“São ações de grande importância que vão promover melhorias no atendimento à saúde, bem como na estrutura urbana de nosso município, garantindo maior conforto e comodidade para a população setequedense”, destacou Casé ao convidar a toda a população do município para acompanhar a solenidade com a presença do governador na manhã desta sexta-feira.
Fonte: A Gazeta News 

Parceria Energisa e Prefeitura Distribuirá Geladeiras e Lâmpadas Á Famílias Carentes

Posted by salatiel assis | sábado, 21 de maio de 2016 | Posted in , ,

Equipe do Cras de Sete Quedas e os Agentes Cadastradores da Energisa
A Energisa Concessionaria de Energia Elétrica, em parceria com a Prefeitura do município de Sete Quedas, através da Equipe do Crás realizaram o cadastros dos moradores do município, para participar do programa que doará lâmpadas e sorteará 10 geladeiras. 

O Programa é um canal de comunicação, parceria e de relacionamento direto com as comunidades de baixa renda participantes do Bolsa Família. Seu objetivo é combater o desperdício de energia elétrica nas residências dos consumidores inscritos na Tarifa Social de Energia, contribuindo para ampliar a consciência na mudança de hábitos e comportamento no uso eficiente e seguro da energia elétrica, através de ações educacionais, geração de renda, troca de geladeiras e substituição de lâmpadas eficientes com Selo Procel. 

Durante dois dias a equipe do Crás de Sete Quedas e dois Agentes Cadastradores da Energisa, realizaram o cadastro de 230 famílias nesta fase do programa, que teve todo o suporte necessário disponibilizado pela Prefeitura Municipal.

“Os consumidores castrados poderão trocar as lâmpadas incandescentes por lâmpadas de led, que são mais econômicas, duráveis e gastam até 70% menos. Além disso, os consumidores concorreram ao sorteio de 10 geladeiras novas e econômicas. Estaremos visitando as famílias nos próximos dias, e estaremos divulgando as datas das ações sociais” informaram os Agentes Cadastradores.

A ação social terá na programação que conta com um caminhão que se transforma em um Palco, contará palestras educativas, atividades recreativas, troca de lâmpadas incandescentes por de led, apresentações culturais e sorteio de geladeiras e brindes, em local ainda a ser divulgado pela Prefeitura.


Segundo o Prefeito Casé, essa ação trará muitos benefícios ao cadastrados. “Ficamos muito felizes em poder estar contribuindo para esta importante ação que trará tantos benefícios aos participantes. Com a troca das lâmpadas incandescentes pelas de led, a economia na conta de energia será bem maior. E com as orientações recebidas pelos agentes da Energisa os clientes poderão colocar em prática as dicas sobre o uso correto e seguro da energia elétrica em suas residências. E ainda concorrerão a Geladeiras Novas e mais econômicas” finalizou o Prefeito Casé.

Defensoria Pública Promove Mutirão de Atendimento em Sete Quedas

Posted by salatiel assis | | Posted in , , ,

Ação acontecerá na Câmara de Sete Quedas


O evento é voltado para as pessoas carentes e visa o exercício dos seus direitos e garantias, resgatando a cidadania, e será realizado  no  dia 03 de junho a partir das 09:00 da manhã  e segue até as 16:00  na Câmara Municipal de Sete Quedas, localizada a rua, Osvaldo Cruz n° 84, centro. 

Serão oferecidos serviços de orientação jurídica relativos a ações de divórcio, guarda, alimentos, execução de alimentos, investigação de paternidade, adoção, reconhecimento e dissolução de união estável, conversão de união estável em casamento, usucapião, retificação de documentos, ações de saúde e defesa em ações criminais. 

Para os atendimentos serão  necessários os documentos  para o ajuizamento de ação. 
original: RG, certidão nascimento/casamento, cpf, comprovante de residência (quando a ação envolver filhos menores certidão de nascimento destes). Dados completos da pessoa requerida (endereço de trabalho e residencial completos). Dados completos de 3 testemunhas (nome, estado civil, profissão, endereço). 

Para maiores informações e pré-agendamento tel: (67) 4381-4872 – defensoria pública de Amambai.  

O primeiro mutirão realizado no  município  no  mês de fevereiro foram  atendidos  147 pessoas, e  contou com participação  dos Defensores Públicos Paulo Henrique Paixão, Coordenador de Projetos e Convênios; Pedro Paulo Gasparini, Coordenador da 8ª Regional de Ponta Porã; Patrícia Feitosa de Lima; Lucas Colares Pimentel e Marcelo Marinho da Silva, além de funcionários da Defensoria Pública de Amambai.

Segundo o Coordenador de Projetos e Convênios, Paulo Henrique Paixão, foram realizadas orientações jurídicas com esclarecimentos à população quantos aos seus direitos. “Os casos mais comuns identificados foram de divórcio, investigação de paternidade, alimentos, execução de alimentos, guarda e usucapião, além de alguns atendimentos na área criminal”.

Fonte: agazeta

Vacinas Contra H1N1 Contrabandeadas São Aprendidas em Naviraí

Posted by salatiel assis | | Posted in , , ,

A polícia federal prendeu na noite desta sexta-feira, 20, em Naviraí três irmãos (dois homens e uma mulher) por suspeita de contrabando da vacina contra o vírus H1N1. A operação aconteceu em uma residência, na rua Alcides Alves Corrêa, centro da cidade. As vacinas seriam de origem da cidade de Salto Del Guairá (Paraguai), que fica a 130 km de Naviraí.
Segundo informações apuradas pela reportagem do site Portal do MS, uma quantidade de vacina foi encontrada na casa dos suspeitos: Ramud Salem, Salem Salem e Rajaa Salem. Um farmacêutico também foi detido. Eles foram levados para sede da Polícia Federal de Naviraí.
Além das vacinas os policiais federais encontraram uma pistola 9mm de uso restrito.
A venda das vacinas vindas do Paraguai foi intensificada nos últimos dias no município após a confirmação de vários casos do vírus no município. Quatro pessoas morreram com idade de 56, 59, 66 e 89 anos. O ministério da saúde encerrou nesta sexta-feira a vacinação para as pessoas na faixa de risco. Em Naviraí a meta era vacinar 9 mil pessoas.
Pessoas ligadas ao sistema epidemiológico relatam que as vacinas trazidas do país vizinho são eficazes, mas existe riscos de se tornarem invalidas conforme o transporte feito de um lugar para o outro.
Fonte: Portal do MS 

Naviraí Tem Mais Uma Morte Por H1N1 e Já São 4 Casos

Posted by salatiel assis | quarta-feira, 18 de maio de 2016 | Posted in , ,

Mais uma morte por H1N1 em Naviraí foi registrada. O caso, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura do município aconteceu nesta terça-feira (17). A vítima é um idoso de 89 anos. Com esse, já são quatro os óbitos decorrentes da doença na cidade.

A quantidade de casos é o mesmo registrado em Campo Grande. Ao todo no Estado, são 15 vítimas fatais da doença.
Medidas
A cidade está em alerta quanto a doença e como mostrado pelo Dourados News, as aulas da rede pública de ensino serão suspensas a partir de quarta-feira (18). A busca é evitar uma epidemia de H1N1.
Na segunda-feira (16) o juiz Paulo Roberto Cavassa de Almeida havia suspendido até sexta-feira as atividades no Fórum local, porém, por determinação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, a portaria acabou revogada.
As outras três mortes ocorreram em curto espaço de tempo. Marley Dalbosco, 56 anos, morreu no Hospital da Vida, em Dourados, no dia 13 de maio. Outras duas vítimas foram a óbito na semana anterio
Fonte: Douradosnews 

Prova de Pesca Amadora Reuniu mais de 50 Equipes No Aniversário da Cidade

Posted by salatiel assis | segunda-feira, 16 de maio de 2016 | Posted in , , ,



No Dia 13 de Maio aconteceu a tradicional Pescaria Amadora em Sete Quedas em comemoração aos 36 Anos do Município. O evento que aconteceu na Lagoa do Sucuri, localizada na região do antigo “Buracão”, contou com 52 equipes, cada uma com 5 competidores, que realizaram a pescaria por uma hora e meia.
O prefeito Casé fez a contagem regressiva para o inicio da pescaria e acompanhou todo o evento, que foi organizado pela Prefeitura Municipal através do Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, sendo sua 10 edição.
Varias famílias estiveram participando e acompanhando a pescaria que aconteceu na parte da tarde, e já vem se tornando um tradicional evento no município todos os anos.”Ficamos felizes em poder participar mais uma vez deste evento que vem se tornando tradicional em nossa cidade, reunindo as famílias setequedenses. É bom ver adultos e crianças se divertindo reunidos” disse o prefeito Casé.
A inscrição para a pescaria era 1kg de alimento não perecível por participante, e participar somente com uma vara e no recinto da pescaria só podiam permanecer os participantes identificados com camisetas do evento e crachá. Todos os peixes pescados poderiam ser levados pra casa pelas equipes.
A equipe vencedora, foi a Família Camargo que já conquistou o primeiro lugar por 4 vezes, com um total de 79 peixes, ficando a Equipe Los Guapos, com 50 peixes, e terceira colocação para Família Sismer com 45 peixes. Tambem teve premiação para o maior peixe, que foi para Marcelo Ropelado, da família Ropelato.

“Gostaria de parabenizar a todos os participantes e organizadores, que tornaram essa festa possível. Tudo saiu a contento, e é muito gratificante poder ver a alegria de todos” disse o prefeito Casé, durante a premiação, que distribuiu troféus e kits a todos os ganhadores.






















Casé Totaliza mais de 2 Milhões e 800 Mil Com Pavimentação na Vila da Paz

Posted by salatiel assis | | Posted in , , ,


O prefeito Casé lançou neste sábado,14, mais de 760 Mil reais em pavimentação ásfaltica no Bairro 
conhecido como Vila da Paz, com emenda do Deputado Geraldo Rezende e contrapartida do município. O ato aconteceu na rua Getulio Vargas, esquina com 28 de Agosto, e contou com a presença do prefeito Casé, dos Vereadores Saulinho, Dé, Diney e Paulo Chagas, do representante da Construtora APS, Aral, além de Secretários e Diretores Municipais e moradores da localidade e outros membros da comunidade.
Na oportunidade foi assinado a ordem de serviço para a pavimentadas das ruas 28 de Agosto, Iporã, Castelo Branco, Rui Barbosa, Manoel Azóia, e Getulio Vargas em um total de 9 Mil e 500 metros de pavimentação e aproximadamente 415 metros de Galerias de Drenagem.

Segundo o Prefeito, com essa frente de trabalho a Administração soma mais de 2 Milhões e 800 Mil reais pavimentação. “Em conjunto com a pavimentação no Conjunto Iporã, 1 Milhão e 2 Mil, Projetinho, 586 Mil, e agora aqui na Vila da Paz, somamos mais de 2 Milhões e 300 Mil reais em pavimentação e drenagem em nosso município. Todas em fase de execução nessas localidades. E estamos aguardando a liberação pela Caixa de mais 584 Mil que será investido na pavimentação no Baixadão da cidade. Estarei viajando para Brasília com várias ofícios a todos os Deputados e Senadores, e espero conseguir mais verbas para nossa cidade”, disse Casé.

Em seu pronunciamento Casé destacou que a obra é o cumprimento de mais um compromisso, e que até o final deste mandato estará cumprindo aproximadamente 90% do planejado.”Hoje estamos atendendo um apelo da comunidade da Vila da Paz, que tanto esperava por essa obra. Até o final deste mandato estaremos cumprindo aproximadamente 90% do planejado, o que para esse tempo de crise nacional e turbulência no Governo Federal e uma grande vitoria. Temos muito ainda a realizar, mas estamos trabalhando com os pés no chão para poder realizar e pagar todas a obras e benfeitorias. Sabemos que muitas prefeituras estão com muitas dificuldades em cumprir seus compromissos, nós aqui estamos trabalhando com o que temos e podemos” disse.

Os moradores aproveitaram para agradecer a Administração Municipal pelo inicio da obra e destacaram a importância do empreendimento. “Estamos vivendo a realização de um sonho. Sabemos da importância desta obra para nosso bairro, pois além da comodidade que irá trazer, ira valorizar ainda mais nossas propriedades. Agradecemos o prefeito Casé pela atenção a nossa comunidade, ficamos felizes quando vemos compromissos sendo cumpridos” disse o morador Carlos Renê.


“Esperemos por mais de 30 anos, desde quando chegamos aqui para realizar esse sonho. Somos todos moradores antigos aqui da cidade e sempre cobramos essa pavimentação. Agora vendo os maquinários aqui, sabemos que esse sonho se tornará realidade em breve” disse a moradora Teresinha.

Senado Aprova Afastamento da Presidente Por 180 Dias

Posted by salatiel assis | quinta-feira, 12 de maio de 2016 | Posted in , , ,

Senadores a favor do impeachment aplaudem após a votação que decidiu pela admissibilidade no Senado Federal, em Brasília (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)
Senadores a favor do impeachment aplaudem após a votação que decidiu pela admissibilidade no Senado Federal, em Brasília (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)


O plenário do Senado Federal aprovou às 6h34 desta quinta-feira (12) a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff por 55 votos a favor e 22 contra. Com a decisão, ela fica afastada do mandato por até 180 dias. Com o afastamento de Dilma, o vice Michel Temerassume a Presidência da República.
A sessão começou às 10h desta quarta-feira (11) e durou mais de 20 horas. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), não votou – ele só votaria em caso de empate. Dois senadores, de licença médica, se ausentaram: Jader Barbalho (PMDB-PA) e Eduardo Braga (PMDB-AM).
Dilma Rousseff deverá ser oficialmente notificada nesta quinta (12) da decisão do afastamento.
Segundo Renan informou após o resultado da votação, a presidente vai manter, no período em que estiver afastada, o direito à residência oficial do Palácio da Alvorada, segurança pessoal, assistência saúde, remuneração, transporte áreo e terrestre e equipe a serviço do gabinete pessoal da Presidência.
Agora, o Senado passará a colher provas, realizar perícias, ouvir testemunhas de acusação e defesa para instruir o processo e embasar a decisão final. O julgamento será presidido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que também comandará a Comissão Processante do Senado.
 
O impedimento definitivo da presidente depende do voto favorável de 54 (dois terços) dos 81 senadores, em julgamento que ainda não tem data para ocorrer.
Repercussão
Logo após o resultado, políticos comentaram, ainda no plenário a decisão de afastar Dilma por até 180 dias.
Para o senador Aécio Neves (MG), líder do PSDB, o novo governo, de Temer, não "poderá errar" e precisa fazer "grandes reformas"
"Acredito muito na sinalização. Uma nova sinalização que poderá ser dado nesse governo. Temer terá uma chance e não poderá errar. Terá o PSDB ao seu lado para minimizar os danos causados pelo governo.Certamente ele não terá apoio apenas congressual, mas da sociedade brasileira, se estiver disposto a fazer as grandes reformas", afirmou Aécio.
Humberto Costa (PT-PE), líder do governo, afirmou que o primeiro passo do PT vai ser defender o programa do partido e fazer oposição ao governo Temer.
"Ontem tivemos políticas públicas que fizeram o país avançar. Certamente esse legado será lembrado pelo povo brasileiro. Quanto a recursos vamos avaliar se cabe algum tipo de recurso a essa decisão. Nosso primeiro passo vai ser resgatar o programa do PT, acompanhar esse governo ilegítimo e defender a força das nossas propostas," disse Costa.
O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) afirmou que o dia não é de comemoração, mas que o afastamento da presidente dá uma "esperaça" para a população.
"Não é um dia de comemoração. Algumas comemorações que aconteceram foram por parte de deputados, que vieram da outra casa, e fizeram ligeira manifestação.  [...]  A expectativa é de esperança para o povo brasileiro. O Congresso tomou a decisão sintonizada com sentimento das ruas. Não é algo que possamos comemorar, mas algo que devemos levar como processo de renovação e esperança", disse Eunício.
Para o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), o afastamento de Dilma é um "absurdo". Ele voltou a argumentar, como tem feito nos últimos dias, que a presidente não cometeu crime de responsabilidade.
"Achamos um absurdo afastar uma presidenta sem crime de responsabilidade, é uma grande injustiça. Não há crime de responsabilidade. Está sendo afastada porque há maioria parlamentar contra ela [...] Agora vamos entrar em nova etapa, uma mais técnica, e eu acredito ainda que na batalha final do julgamento temos chance, porque eles vão precisar de 54 votos e tiveram 55", disse Lindbergh.
Impeachment no Senado
Depois que a Câmara autorizou a abertura do processo, em 17 de março, o Senado iniciou a análise da admissibilidade, ou seja, se o relatório aprovado pelos deputados continha os requisitos mínimos: indícios de autoria e de existência de um crime de responsabilidade.

Na última sexta (6), o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), que recomendou a abertura do processo, foi aprovado por 20 votos a 5, na Comissão Especial do Impeachment do Senado, que reuniu 21 senadores. Só não votou Raimundo Lira (PMDB-PB), presidente da comissão.

No plenário da Câmara, o impeachment recebeu 367 votos favoráveis e 137 contrários. Houve sete abstenções e somente dois ausentes dentre os 513 deputados.
Acusação e defesa
Conforme denúncia assinada pelos juristas Janaina Paschoal, Hélio Bicudo e Miguel Reale Jr., Dilma atentou contra a lei orçamentária ao autorizar despesas extras de R$ 2,5 bilhões, entre julho e agosto de 2015, mesmo ciente de que o gasto era incompatível com a meta fiscal, economia anual do governo para pagar a dívida pública.

A abertura dos créditos suplementares foi determinada por meio de decretos não numerados sem prévia autorização do Congresso.
Além disso, a denúncia aponta que a presidente usou dinheiro emprestado do Banco do Brasil para bancar juros menores concedidos a agricultores no Plano Safra de 2015. Tratam-se das “pedaladas fiscais”, artifício para disfarçar rombo nas contas públicas.

A acusação é de que ela teria contraído “operação de crédito ilegal”, já que a Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe o governo de usar dinheiro emprestado de bancos públicos, controlados pelo próprio Executivo.
Durante a análise das acusações nas comissões do Senado e da Câmara, a Advocacia Geral da União (AGU) alegou que os atos não configuram crimes de responsabilidade e que também foram praticados em governos passados, sem qualquer questionamento.
Quanto aos decretos, a defesa argumentou que eles não comprometeram a meta fiscal, já que no início de 2015, o governo havia bloqueado um volume maior de recursos do Orçamento. Além disso, alegou que os decretos apenas remanejaram as despesas, sem ampliação de gastos.
Em relação às “pedaladas fiscais”, o governo sustenta que não se tratam de empréstimos dos bancos públicos, mas de contrato de serviço de pagamento dos benefícios sociais. Caso o dinheiro repassado pelo Tesouro não seja suficiente, o banco paga a diferença e recebe juros quando o governo quita a dívida. Se sobra dinheiro, o governo recebe juros do banco.
Próximas etapas
Saiba quais serão os próximos passos da tramitação do processo de impeachment no Senado:
INSTRUÇÃO PROBATÓRIA
>> Com a autorização do plenário para a abertura do processo, o caso volta à Comissão Especial do Impeachment para a etapa de produção de provas, chamada de fase de instrução.
>> Será concedido à presidente um prazo de, pelo menos, 20 dias para apresentar a sua defesa – o prazo será fixado pelo presidente da comissão especial, senador Raimundo Lira (PMDB-PB).
>> Nessa fase, acusação e defesa poderão pedir a convocação de testemunhas, a realização de perícias e o envio de documentos que acharem adequados, como pareceres do Tribunal de Contas da União. Não há prazo definido para essa etapa. Por se tratar de um processo judiciário, o comparecimento das testemunhas convocadas é obrigatório – sob pena de serem conduzidas coercitivamente.
>> No final dessa etapa, a presidente Dilma Rousseff poderá ser interrogada. Ainda não está definido, mas é possível que se abra um prazo de até 15 dias para as alegações finais da acusação e mais 15 dias para as alegações da defesa – nenhum fato ou argumento novo poderá ser inserido.
>> A partir daí, haverá um prazo mínimo de dez dias consecutivos para que o relator apresente um parecer sobre a procedência ou a improcedência da acusação e para que a comissão vote – dentro desse período.
>> Para ser aprovado, esse parecer, que passa a ser chamado de parecer de pronúncia, necessita de maioria simples. Se isso ocorrer, considera-se procedente a acusação e começa a fase de julgamento. A decisão será lida na sessão seguinte do plenário do Senado, e o parecer, publicado no "Diário Oficial do Senado".
>> Esse parecer deverá ser submetido ao plenário do Senado em até 48 horas. No plenário, ainda não está definido se a acusação e a defesa terão 30 minutos cada para se pronunciar. Deverá, então, ser concedido prazo, provavelmente de 15 minutos, para que cada um dos 81 senadores se manifeste, o que poderá levar cerca de 20 horas e meia.
>> Para a votação valer, precisam estar presentes à sessão pelo menos 41 dos 81 senadores (maioria absoluta). Para que o parecer seja aprovado, é necessária maioria simples dos senadores presentes – metade mais um. A sessão será presidida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que passa a ter o nome oficial de presidente do Senado como órgão judiciário. O presidente do Senado, Renan Calheiros, poderá votar como qualquer outro senador nesta segunda votação.
>> Uma vez aprovado o parecer, as partes serão notificadas. Deverá ser concedido um prazo aos autores da denúncia para que apresentem em até 48 horas uma peça chamada no jargão jurídico de libelo acusatório, que nada mais é do que uma consolidação das acusações e provas produzidas. Eles também deverão apresentar um rol de testemunhas.
>> Em seguida, a defesa terá 48 horas para apresentar uma resposta, chamada no jargão de contrariedade ao libelo, além do rol de testemunhas. Todo o processo é encaminhado para o presidente do Supremo, a quem caberá marcar uma data para o julgamento e intimar as partes e as testemunhas. Deverá ser respeitado um prazo mínimo de dez dias para se marcar o julgamento. Se o parecer no plenário do Senado for rejeitado, o processo é arquivado e a presidente reassume o cargo.
JULGAMENTO FINAL
>> Na data marcada, o julgamento será realizado no plenário do Senado, presidido pelo presidente do Supremo, ministro  Ricardo Lewandowski, novamente na condição de presidente do Senado como órgão judiciário.
>> As partes podem comparecer pessoalmente ao julgamento ou serem representadas por procuradores. Poderão ser convocadas testemunhas, que serão interrogadas pela acusação, defesa e pelos senadores, que assumem o papel de juízes. No entanto, as perguntas dos parlamentares não serão feitas diretamente por eles. Elas terão que ser encaminhadas para Lewandowski para que ele faça as indagações.
>> O número de testemunhas e o tempo dos depoimentos ainda precisarão ser definidos. Ainda há previsão, segundo a Secretaria-Geral da Mesa do Senado, de realização de debates orais, embora não esteja definido quem exatamente poderia falar.
>> Depois disso, as partes se retiram da sessão para discussão entre senadores – não está definido quanto tempo cada um terá para se manifestar. O presidente Ricardo Lewandowski  elaborará um relatório, que é diferente de um parecer, pois não haverá juízo de valor.
>> Em seguida, acontece a votação nominal. Os senadores serão chamados ao microfone para responder “sim”, “não” ou “abstenção” à seguinte pergunta: “Cometeu a acusada Dilma Vana Rousseff os crimes que lhe são imputados, e deve ser ela condenada à perda de seu cargo e à inabilitação temporária, por oito anos, para o desempenho de qualquer função pública, eletiva ou de nomeação?”
>> Não há definição de como será a ordem de chamada – caberá ao presidente Lewandowski decidir essa questão. Para ser aprovado o impeachment, são necessários os votos de pelo menos dois terços dos senadores (54 votos).
>> Caso o impeachment seja aprovado, Lewandowski lavra a sentença, que é publicada no "Diário Oficial". Dilma é então notificada, perde o mandato e fica inelegível por oito anos. O processo é, então, encerrado. Se rejeitado o impeachment, o processo é arquivado e a presidente da República reassume.

www.educadora91.com

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO