Coronel Sapucaia Terá 53,1% do Seu Território Transformado em Reserva Indígena

Posted by salatiel | terça-feira, 5 de fevereiro de 2013 | Posted in , , , , , ,

Famasul entrega documento sobre demarcações à presidenta Dilma
 

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), Eduardo Riedel, entregou para a presidenta Dilma um documento demonstrando os efeitos da demarcação de novas áreas indígenas em Mato Grosso do Sul. A entrega ocorreu nesta segunda-feira (04), durante abertura do Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR), e foi intermediada pela presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Kátia Abreu, que integrava a comitiva da presidenta.

Riedel apresentou dados da área pretendida, já em estudos demarcatórios pela Fundação Nacional do Índio (Funai). Se atendida a pretensão da Funai para a demarcação das Terras Indígenas I, II e III, o município de Coronel Sapucaia, por exemplo, terá 53,1% do seu território transformado em reserva indígena. O presidente da Comissão de Política Fundiária da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Paraná (Faep), Tarcísio Barbosa de Souza, também apresentou dados referentes ao estado vizinho.

No documento, a Famasul demonstrou que a contínua formação de Grupos de Trabalho nos processos administrativos de identificação e demarcação de terras indígenas e a publicação de portarias pela Funai tem provocado insegurança jurídica nos produtores rurais e fomentado frequentes invasões de propriedades privadas em áreas de grande produtividade agropecuária de Mato Grosso do Sul.

Dilma demonstrou conhecer a movimentação em torno de novas demarcações e se mostrou sensível aos impactos gerados nos municípios ao Sul do Estado. “A presidenta foi muito receptiva e reagiu com a sensibilidade de quem já acompanha o dilema da insegurança trazida pela pretensão de novas demarcações e pelas invasões de propriedade. A presidenta se mostrou comprometida em buscar soluções para a questão”, avaliou.

A Funai formou grupos de estudos – primeiro passo do processo demarcatório – para análise de três novas áreas, as Terras Indígenas Iguatemi-Pegua I, II e III. A Terra Indígena Iguatemi-Pegua I, com portaria já publicada, abrange área de 41,5 mil hectares, o que equivale a 14% do município de Iguatemi. As Terras Indígenas Iguatemi-Pegua II e III, caso publicadas, abrangerão 5% de Amambai, 25,2% de Paranhos, 28,9% de Tacuru, além de 53,1% de Coronel Sapucaia, em um total de 159,8 mil hectares.

Riedel destacou para a presidenta que Mato Grosso do Sul tem como característica um histórico de regularidade fundiária e de ratificação dos registros imobiliários pelo Incra, ou seja, não há casos de posse ou de situações de retirada forçado e violenta de comunidades indígenas de terras tradicionalmente ocupadas.

Feira – Durante seu discurso na abertura do Show Rural, a presidenta enalteceu a atividade rural reforçando que a liderança brasileira na produção de alimentos em âmbito mundial é uma vantagem estratégica para o País. Dilma também elogiou a “maturidade das lideranças do setor” e destacou o papel da Embrapa no desempenho da agricultura. “Se tem alto que nós brasileiros podemos nos orgulhar é da capacidade da Embrapa em gerar tecnologias”, valorizou. 
Autor: Assessoria de Imprensa

DOF apreende 3.307 pacotes de cigarros

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , ,



Cigarros contrabandeados (DIVULGAÇÃO)
EDILSON OLIVEIRA
Ontem, por volta de 13h30, o Departamento de Operações de Fronteira (DOF), em policiamento ostensivo motorizado itinerante. realizado na rodovia BR-163, na região de Itaquiraí, tentaram abordar para fiscalização os veículos Fiat Siena, de cor branca, com placas da cidade de Brasília/DF e Fiat Palio Weekend, de cor branca, com placas da cidade de São Paulo (SP).

Os motoristas, ao avistarem a viatura policial não obedeceram à ordem de parada e empreenderam fuga, abandonando os veículos alguns quilômetros após. Durante vistorias nos dois veículos foram localizados 3.307 pacotes de cigarro de
origem estrangeira de diversas marcas.

O cigarro e os veículos foram apreendidos e encaminhados para a Inspetoria da Receita Federal de Mundo Novo.



Fonte: Sulnews

Mulher é Indiciada Por Furto em Loja de Perfumes em Sete Quedas

Posted by salatiel | | Posted in , , , ,

A Polícia Civil de Sete Quedas indiciou hoje Elizangela Petrescu, 38 anos, pela prática de furto em uma loja de perfumes na cidade. Elizangela esteve na loja no final de semana dizendo que queria comprar um kit de perfumes e sorrateiramente subtraiu um frasco de perfume que estava sobre o balcão, colocando em sua bolsa. Toda a ação do furto foi gravada pelo sistema de monitoramento interno da loja e as imagens estão na Delegacia de Polícia. Segundo o Delegado Titular da DP de Sete Quedas Rinaldo Moreira, durante o interrogatório Elizangela negou que tenha levado o frasco para sua casa mas que somente levou escondido ao banheiro da loja para experimentar o perfume. Logo após a prática do furto, ao ser cobrada pelo perfume, Elizangela e seu esposo teriam desentendido com os proprietários da loja. Elizangela, que já morou em Sete Quedas e retornou para a cidade acerca de seis meses, responderá na justiça pela prática do furto.   

PM de Sete Quedas Adere A Campanha "Reage Brasil"

Posted by salatiel | | Posted in , ,

A Polícia Militar do Estado aderiu ao movimento nacional “Reage Brasil”, em Mato Grosso do Sul.
Em Sete Quedas a PM local também se engajou nesta campanha de coleta de assinaturas, que esta sendo feita pelos soldados da PM local.  O objetivo do abaixo-assinado, que também teve assinaturas coletadas junto à população pela Polícia Militar em todo o Estado, é levar às autoridades a necessidade de se transformar em “crime hediondo” crimes cometidos contra agentes públicos em geral no desempenho de suas funções ou em período de folga, mas cujos crimes foram motivados em decorrência do exercício da profissão.
Em grandes centros brasileiros os principais alvos, dentre o quadro de funcionalismo público, tem sido a própria polícia, mas juízes, promotores de justiça e inclusive agentes de fiscalização também tem sofrido ameaças e até mesmo atentados.
Na região de fronteira com o Paraguai, no sul do Estado, pelo menos três casos de ataque direto a agentes de segurança foram registrados nos últimos tempos.
Em setembro do ano passado (2012) um policial civil foi assassinado a tiros dentro de casa em Tacuru enquanto assistia TV ao lado da esposa.
Suspeita-se que a motivação do crime tenha sido uma linha de investigação levantada pelo policial onde um irmão do autor do assassinato figurava como principal suspeito de um homicídio ocorrido tempos atrás no município.
Em um caso mais recente, também registrado na cidade de Tacuru, um policial militar acabou ferido com um tiro de raspão no rosto ao atender uma ocorrência de violência doméstica. Houve reação por parte da guarnição PM e o autor acabou baleado e preso.
O caso mais recente de crime contra agente público registrado na região foi o assassinato de um cabo da Polícia Militar em Ponta Porã.
O crime ocorreu na noite do dia 22 do mês passado, janeiro, na cidade da fronteira com o Paraguai.

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO