Traficantes tentam fugir, mas acabam recapturados em Amambai

Posted by JORNAL EDUCADORA | domingo, 26 de maio de 2013 | Posted in , , , ,


Clique na Imagem para ampliá-la
A dupla, João Batista e Alan Rodrigo. Eles tentaram fugir da Delegacia após serem presos por tráfico de drogas na manhã desse domingo em Amambai.
Vilson Nascimento
Após serem presos no final da manhã desse domingo (26) com mais de 160 quilos de maconha, dois traficantes moradores do Rio Grande do Norte tentaram fugir da Delegacia, mas acabaram recapturados logo em seguida, em Amambai.
A dupla, Alan Rodrigo de Souza, de 27 anos e João Batista da Silva, de 30, ambos moradores na cidade de Goianinha-RN, foi presa transportando 163, quilos de maconha em tabletes e mais 680 gramas da droga em farelo.
Segundo informações repassadas pela polícia ao A Gazetanes o entorpecente estava em fundos falsos, os chamados “mocós”, na carroceria e o no interior de uma pick-up Fiat Strada, cor preta, placas MYM 9392 de Natal-RN.
A prisão, realizada por uma equipe da PRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) aconteceu na rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Caarapó.
No ato da prisão a dupla disse que havia pegado o carro com a droga em um posto de combustível em Amambai e receberia R$ 3 mil reais para levar até a capital de Mato Grosso do Sul, Campo Grande.
A tentativa de fuga
Ao serem retirados da cela para a realização do registro fotográfico para o sistema integrado SIGO, da Secretaria de Segurança Pública de MS, os traficantes tentaram escapar da polícia.
Eles chegaram a entrar em luta corporal com o investigador de plantão na Delegacia, em Amambai, vindo a rasgar a camiseta do policial, mas acabaram retidos logo em seguida com apoio de policiais militares.
Alan Rodrigo, que conduzia a Fiat Strada na hora da abordagem e João Batista, que segundo a polícia já teve passagem por formação de quadrilha, foram autuados em flagrante pelo delegado titular em Amambai, Dr. Marcius Geraldo Cordeiro e enquadrados nos crimes de tráfico de drogas e lesão corporal pela agressão ao policial.
Depois de autuada, a dupla foi entregue no EPAM, o Estabelecimento Penal de Amambai, onde permanece presa a disposição da Justiça.
Fonte: A Gazeta News 

Mãe morre abraçada com a filha de um ano

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , ,




Acidente fatal (JOÃO GARRIGÓ)
Uma mulher morreu abraçada com a filha em acidente por volta das 8h30min horas deste domingo, no anel viário de Campo Grande quando seguia para a igreja. A criança ficou em estado grave.

Abigail da Silva Trindade estava no banco traseiro do Tempra onde havia mais quatro pessoas e levava a filha, Hadassa da Silva Trindade, de um ano e meio, no colo.

O veículo era conduzido por Carlos Alberto Teixeira, 34 anos, que saiu ileso. Ele disse à Polícia Rodoviária Federal (PRF) que sentiu o veículo trepidar e em seguida perdeu o controle da direção. O carro bateu em uma placa de sinalização, capotou e foi parar às margens da rodovia entre as saídas de Três Lagoas e de São Paulo. No asfalto e na vegetação ficaram marcas.

Abigail estava sem o cinto de segurança e foi arremessada para fora do automóvel. Testemunha do acidente, Maria de Lourdes Cunha conta que a mulher estava abraçada à filha. A menina bateu a cabeça em um arame e ficou com ferimento grave na testa.

O marido de Abigail, Sérgio Ramos Teixeira, estava no banco do passageiro e teve lesões leves. A esposa do condutor do Tempra, Jucelene Nascimento, 38 anos, teve ferimentos leves.

A criança e o pai foram socorridos pela PRF e, no caminho ao hospital, foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para a Santa Casa. Jucelene também foi para a Santa Casa, levada pelo Corpo de Bombeiros.

Os dois casais e a criança moram no Jardim Noroeste e seguiam para a sede da igreja Ministério da Fé, na Cohab. O pastor responsável, Luiz Carlos da Silva, estava no culto quando foi informado do acidente e foi ao local. “Era era minha ovelha”, disse referindo-se à Abigail.

A testemunha conta que seguia para casa de parentes, nas Moreninhas, em um veículo atrás do Tempra, quando, de repente, viu o automóvel capotando. Ela foi a primeira pessoa a pedir por socorro. No Tempra não havia nenhuma cadeirinha para transporte de crianças.



Fonte: Campo Grande News

Diretoria trabalha para jogar com o Atlético-PR no Virotão

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , , ,




Professor Diomedes Valentim Cerri
- Jogo com o Atlético-PR pode ser um presente para os torcedores e deve divulgar cidade de Naviraí (presidente do CEN - Diomedes Cerri) -

MICHEL FAUSTINO
Com a participação praticamente garantida na terceira fase da Copa do Brasil, após absolvição no processo julgado na tarde de quarta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (SDTJ), a diretoria do Naviraiense diz não “abrir mão” de mandar em casa o jogo com o Atlético-PR, previsto para o início de julho, com data a ser definida pela CBF.

Segundo os dirigentes, jogar no estádio Virotão a partida será um “presente” aos torcedores de Naviraí, além da visibilidade nacional que ganhará a cidade de 50 mil habitantes. Em entrevista por telefone, o presidente do clube, Diomedes Cerri, disse que não vai medir esforços para adaptar o estádio Virotão às exigências da CBF.

O estádio Virotão tem, capacidade para quatro mil pessoas. Para suprir as necessidades serão colocadas arquibancadas móveis e serão construídas mais duas saídas de emergência. Atualmente o estádio conta com apenas duas saídas o que fica fora das exigências da CBF. A dúvida sobre a possível mudança no local da partida surgiu após a Fundação de Esportes de Dourados manifestar interesse em realizar o jogo no estádio Douradão.

O contato foi admitido por Diomedes que acrescentou ainda que a outra “possibilidade” seria em Campo Grande no estádio Morenão. As duas possibilidades, segundo o presidente do Jacaré do Conesul, estão descartadas. “Poderíamos realizar o jogo no Douradão. O estádio nos oferece uma boaestrutura e financeiramente seria mais viável, pois a princípio não precisaríamos gastar no Virotão. Mas, esse jogo será um presente para a torcida, isso não seria justo. Vamos fazer o possível para levar esse jogo para os braços da torcida” disse.

PREFEITO TORCEDOR DESABAFA
O estádio de Dourados passou por uma vistoria realizada pela CBF no inicio do ano. Foram medidas a altura e a largura do fosso que separa as arquibancadas descobertas com o campo de jogo, entre outras observações, que serão transformadas em um caderno de encargos para que as adaptações ou correções sejam feitas para que o estádio possa receber os eventos esportivos ou até mesmo culturais. Prefeito de Naviraí, Léo Matos (PV) disse que a realização do jogo é muito importante não só para os torcedores, mas para a cidade.

Matos, que também é chefe da torcida organizada do time, declarou que os dois jogos da Copa do Brasil realizados na cidade, contra a Portuguesa-SP e o Paysandu-SP, incrementaram o comércio em R$ 60 mil por partida. “Economicamente a cidade só tem a ganhar. Isso atrai gente de fora, gente que no caso desse jogo, vai vir do Paraná e porque não de todo o Brasil. Com isso haverá maior movimentação no comércio e também no setor hoteleiro” disse o prefeito torcedor.

Salienta ainda que pelo fato de a partida ser transmitida e televisionada, as expectativas serão maiores, além do fato de levar o nome da cidade para todo o país. “Aos que falam que não vale a pena investir no esporte. Hoje vemos o esporte, o futebol, dando retorno para nós. Não só financeiramente, mas hoje o nome de Navirai é falado em todo o Brasil. O nome de Mato Grosso do Sul agora também é conhecido. No Pará, o Naviraiense foi motivo de chacota, agora eles sabem onde fica e quem são os naviraienses” disse.

(EXTRAÍDO DO JORNAL O Estado MS)



Fonte: Redação

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO