SÃO PAULO - Estádio de abertura da Copa do Mundo de 2014, o Itaquerão pode ter mudanças no ritmo de sua construção por problemas financeiros.

Posted by JORNAL EDUCADORA | sexta-feira, 21 de setembro de 2012 | Posted in ,


O Estado de S. Paulo
SÃO PAULO - Estádio de abertura da Copa do Mundo de 2014, o Itaquerão pode ter mudanças no ritmo de sua construção por problemas financeiros. A obra corre o até o risco de ser paralisada se até o dia 30 de outubro não for liberado o dinheiro da linha de crédito do BNDES para a construção e reforma de arenas do Mundial (R$ 400 milhões) e a Prefeitura de São Paulo não começar a emitir os CIDs (Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento, que no total alcançarão R$ 420 milhões) que irão financiar o empreendimento. A informação é do blog Radar on-line, do jornalista Lauro Jardim, da revista Veja.
Obras do Itaquerão podem ser paralisadas - Werther Santana/AE - 11/9/2012
Werther Santana/AE - 11/9/2012
Obras do Itaquerão podem ser paralisadas
De acordo com o blog, Andrés Sanchez, atual diretor de seleções da CBF e presidente do Corinthians à época da definição da construção da arena, disse que o clube e a Construtora Odebrecht combinaram de paralisar as obras se o dinheiro não sair até 30 de outubro.
O portal tentou contato com Sanchez e com o vice-presidente do Corinthians, Luiz Paulo Rosenberg, mas ambos não foram localizados. Na Odebrecht, a informação é de que esse assunto “é desconhecido’’ e que as obras, que já atingiram 50% seguirão normalmente.
A Prefeitura admite que ainda não há data para o início da emissão dos CIDs, mas também não vê risco de paralisação.
Algumas pessoas envolvidas com a organização da Copa do Mundo em São Paulo consideram que o que está acontecendo “novamente’’ é uma pressão velada de Corinthians e construtora para tentar acelerar o processo de liberação tanto da verba do BNDES como dos incentivos municipais. “Vira e mexe vem essa pressão, mas é normal e não coloca em risco os trabalhos’’, disse um interlocutor.
No último dia 11 de julho, o BNDES anunciou a aprovação do empréstimo de R$ 400 milhões para a construção da Arena do Corinthians. Mas o dinheiro ainda não foi liberado por falta de garantias de pagamento. A Odebrecht já tomou emprestados com bancos R$ 280 milhões para tocar as obras e o argumento dos que falam em paralisação é que esse dinheiro acaba no final deste mês.

Cabo de alta tensão cai e mata 32 cabeças de gado

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in ,



Animais mortos (UMBERTO ZUM)
Na tarde de ontem (19), por volta das 15h30, um cabo de alta tenção se rompeu matando 32 cabeças de gado, na fazenda Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, localizada no quilômetro 25 da rodovia MS 145, que liga Naviraí ao assentamento Juncal, no município de Naviraí.

Uma das roldanas que sustenta o cabo de alta tensão se rompeu do poste vindo o cabo de energia a cair sobre um estirante (cabo de sustentação do poste de energia), matando o gado que pastava próximo ao local. Um funcionário da fazenda ouviu um barulho e saiu para o pasto para verificar o que tinha acontecido e encontrou o gado caído ao solo muitos deles sendo queimados pela corrente de energia.

O fio que atingiu alguns gados chegou a decepar parte do corpo deles. Na hora do fato chovia no local o que pode ter ajudado a agravar mais a descarga elétrica sobre os animais, que tiveram mortes instantâneas.

Segundo o proprietário da fazenda senhor Jose Carlos Moreschi, por cerca de 1h30m, o cabo continuou transmitindo energia, e somente após ele com a ajuda de seu funcionário conseguiram fazer o desligamento da energia fazendo uso de um bastão para desligar os fuzis de um dos postes da rede elétrica que fica a cerca de 10 quilômeros de onde o cabo se rompeu.

O proprietário da fazenda disse que comunicou o fato a empresa Enersul, (conforme o protocolo nº 7937551) que é responsável pela rede elétrica, onde os técnicos da empresa compareceu ao local somente no começo da noite por volta 18h30m. Na tarde de ontem (19), por volta das 15h30m, um cabo de alta tenção se rompeu matando 32 cabeças de gado, na Fazenda Nossa Senhora do Perpetuo Socorro localizada na estrada MS 145, km 25 que liga Naviraí ao assentamento Juncal, no município de Naviraí.

Uma das roldanas que sustenta o cabo de alta tensão se rompeu do poste vindo o cabo de energia a cair sobre um estirante (cabo de sustentação do poste de energia), matando o gado que pastava próximo ao local.

Um funcionário da fazenda ouviu um barulho e saiu para o pasto para verificar o que tinha acontecido e encontrou o gado caído ao solo muitos deles sendo queimados pela corrente de energia. O fio que atingiu alguns gados chegou a decepar parte do corpo deles.

Na hora do fato chovia no local o que pode ter ajudado a agravar mais a descarga elétrica sobre os animais, que tiveram mortes instantâneas.

Segundo o proprietário da fazenda senhor Jose Carlos Moreschi, por cerca de 1h30m, o cabo continuou transmitindo energia, e somente após ele com a ajuda de seu funcionário conseguiram fazer o desligamento da energia fazendo uso de um bastão para desligar os fuzis de um dos postes da rede elétrica que fica a cerca de 10km de onde o cabo se rompeu.

O proprietário da fazenda disse que comunicou o fato a empresa Enersul, (conforme o protocolo nº 7937551) que é responsável pela rede elétrica, onde os técnicos da empresa compareceu ao local somente no começo da noite por volta 18h30m.

O fazendeiro estima que seu prejuízo com a morte das 32 cabeças de gado possa a chegar a R$ de 38 mil reais.

Na manhã desta quinta-feira (20), o proprietário da fazenda foi até a Delegacia de Polícia Civil de Naviraí onde registrou um boletim de ocorrência. O fazendeiro agora espera uma resposta da Enersul que amanhã estará fazendo uma pericia no poste, onde o cabo de alta tenção se rompeu.
Na tarde de ontem (19), por volta das 15h30m, um cabo de alta tenção se rompeu matando 32 cabeças de gado, na Fazenda Nossa Senhora do Perpetuo Socorro localizada na estrada MS 145, km 25 que liga Naviraí ao assentamento Juncal, no município de Naviraí.

Uma das roldanas que sustenta o cabo de alta tensão se rompeu do poste vindo o cabo de energia a cair sobre um estirante (cabo de sustentação do poste de energia), matando o gado que pastava próximo ao local.

Um funcionário da fazenda ouviu um barulho e saiu para o pasto para verificar o que tinha acontecido e encontrou o gado caído ao solo muitos deles sendo queimados pela corrente de energia. O fio que atingiu alguns gados chegou a decepar parte do corpo deles.

Na hora do fato chovia no local o que pode ter ajudado a agravar mais a descarga elétrica sobre os animais, que tiveram mortes instantâneas.

Segundo o proprietário da fazenda senhor Jose Carlos Moreschi, por cerca de 1h30m, o cabo continuou transmitindo energia, e somente após ele com a ajuda de seu funcionário conseguiram fazer o desligamento da energia fazendo uso de um bastão para desligar os fuzis de um dos postes da rede elétrica que fica a cerca de 10km de onde o cabo se rompeu.

O proprietário da fazenda disse que comunicou o fato a empresa Enersul, (conforme o protocolo nº 7937551) que é responsável pela rede elétrica, onde os técnicos da empresa compareceu ao local somente no começo da noite por volta 18h30m. O fazendeiro estima que seu prejuízo com a morte das 32 cabeças de gado possa a chegar a R$ de 38 mil.

Na manhã desta quinta-feira (20), o proprietário da fazenda foi até a Delegacia de Polícia Civil de Naviraí onde registrou um boletim de ocorrência. O fazendeiro agora espera uma resposta da Enersul que amanhã estará fazendo uma pericia no poste, onde o cabo de alta tenção se rompeu.


Na manhã desta quinta-feira (20), o proprietário da fazenda foi até a Delegacia de Polícia Civil de Naviraí onde registrou um boletim de ocorrência. O fazendeiro agora espera uma resposta da Enersul que amanhã estará fazendo uma pericia no poste, onde o cabo de alta tenção se rompeu. 

Fonte: Ta Na Midia Naviraí

Estado pode ganhar quatro novos deputados estaduais

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in ,



Amarildo Cruz
De todos os deputados estaduais de Mato grosso do Sul, apenas quatro concorrem ao cargo de Prefeito. Em Campo Grande é Alcides Bernal, do PP . Em Naviraí - Onevan de Matos que foi eleito elo PSBD, em Paranaíba é Diogo Tita do PPS e em Corumbá quem concorre é Paulo Duarte, filiado ao PT.

Caso eles sejam eleitos, entrarão nas vagas de deputados estaduais seus suplentes, caso eleito, Onevan abrirá caminho para o ex-deputado estadual Youssif Domingos (PMDB) voltar à Assembleia. Isso porque o primeiro-suplente da coligação, professor Rinaldo Modesto (PSDB), assumiria a vaga de Onevan e Youssif, segundo-suplente, seria convocado para ficar no lugar de Carlos Marun (PMDB), licenciado para comandar a Secretaria Estadual de Habitação e Cidades.

Alcides Bernal e Paulo Duarte são da mesma coligação, e tem como suplente Lídio Nogueira Lopes, vereador e presidente da Câmara de Campo Grande, sendo o segundo suplente Amarildo Cruz. E o suplente do deputado Diogo Tita é Osvane Ramos, ex-prefeito de Dois Irmãos do Buriti.



Fonte: Dourados News

Promoção congestiona rodovias de acesso à fronteira

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , ,



Rodovia congestionada (FACE BOOK)
Descontos de até 50% no comércio da fronteira do Brasil e Paraguai, fizeram aumentar em 200% o tráfego nas principais rodovias que dão acesso a cidade brasileira de Ponta Porã e a cidade paraguaia Pedro Juan Caballero. A estimativa de condutores foi dada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que aumentou a fiscalização nos postos devido ao grande número de motoristas.

A grande liquidação na fronteira, o Black Friday, teve início hoje e segue até o próximo domingo (23). A PRF informou também que três acidentes sem vítimas já foram registrados. “Não houve nada grave. Foram apenas batidas com danos materiais”, confirmou o inspetor Ademilson de Souza.

Na rodovia BR-463 o congestionamento chegou a 20 quilômetros. A PRF informou que o movimento nas duas estradas é grande. Na delegacia de Dourados, houve aumento no número de policiais.

O inspetor da PRF alertou aos motoristas sobre o perigo da chuva nas estradas. "A orientação é que os condutores redobrem a atenção por causa da chuva. Existe o risco da aguaplanagem, além das cortinas de água que se formam nas traseiras de caminhões e pode atrapalhar a visibilidade".

PROMOÇÃO
É a primeira vez que o Black Friday é realizado na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. As promoções, que vão até domingo, também vão chegar ao Shopping China, local onde brasileiros e paraguaios costumam realizar compras.

A estimativa dos lojistas é que as vendas tripliquem durante os três dias do evento. Durante sexta e sábado, os consumidores de Ponta Porã vão poder usar gratuitamente o transporte coletivo da cidade.

Todas as lojas participantes do Black Friday estão com faixas indicativas na fachada e os produtos em oferta estarão expostos em bancas. Está sendo distribuído no acesso à Ponta Porã e Pedro Juan Caballero um mapa indicando as lojas participantes das promoções.

O Black Friday é organizado pela Câmara de Comércio e Indústria de Pedro Juan Caballero e a Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã. As entidades lembram que, durante os três dias, a cota de US$ 300 de importação não declarada continua em vigor.

Fonte: Campo Grande News

Médico que fez parto de Davi Lucca processa Neymar por 'calote'

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , ,

Herbert Kramer afirma que jogador não pagou pelos seus serviços. Assessoria do craque diz que desconhece processo, que corre em Santos
Por Lincoln Chaves e Marcelo HazanSantos, SP


Neymar chegada Seleção Brasileira amistoso (Foto: Márcio Iannacca / Globoesporte.com)Neymar está sendo processado por médico
(Foto: Márcio Iannacca / Globoesporte.com)
O médico Herbert Kramer, responsável por fazer o parto de Davi Lucca, filho de Neymare de Carolina Dantas, nascido em agosto de 2011, afirma que o jogador não pagou por seus serviços. Por isso, o profissional entrou com um processo no craque santista para receber tudo o que diz ter direito. A ação corre na 9ª  Vara Cível de Santos.
Por telefone, Kramer explicou que teve de fechar seu consultório para ir a São Paulo, onde o parto foi realizado, no dia 24 de agosto do ano passado, e ficar inteiramente à disposição da mãe de Davi Lucca durante três dias.
- Acompanhei todo o pré-natal da Carolina. O parto foi solicitado para ser em São Paulo, em regime particular. Fechei meu consultório por três dias. Davi Lucca nasceu em uma quarta. Fui para São Paulo e fiquei realmente à disposição deles. Eu e a equipe médica que levei, com meu auxiliar, Sérgio Abach, e minha esposa e enfermeira obstetra Daniela Kramer. Ela sempre me acompanha nos partos. Fiquei praticamente o dia todo dentro do hospital. Isso eles sabem muito bem - disse.
Tudo correu normalmente. A surpresa veio quando ele foi cobrar o pagamento.
- Depois disso, esperei o pagamento. Entrei várias vezes em contato com o assessor dele (Eduardo Musa), até que ele não me atendeu mais. Então, liguei de um telefone de um conhecido (para que o número não fosse reconhecido) e fui atendido. E foi dito que a familia mandou avisar que não ia pagar pelo parto. Que acharam caro. Ninguém veio conversar antes para falar se o preço poderia ser outro, ou falar em desconto. Simplesmente disseram que não iriam pagar. Isso foi logo depois do parto, no primeiro mês - afirma o médico, que aguarda a primeira audiência.
Consultada, a assessoria de imprensa do jogador diz que ele ainda não foi citado e, portanto, não poderia se pronunciar sobre o assunto. Ainda assim, garante que o atleta honra todos os seus compromissos.

Iguatemi ganha mais 160 casas

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in ,



Casas populares
Nesta sexta-feira pela manhã aconteceu a assinatura da ordem de serviço para a construção de 160 unidades habitacionais no Loteamento Waloszek, localizado na rua Gertrudes Martins Farias, saída para Tacuru, no município de Iguatemi.

As unidades fazem parte do Projeto Meu Lar da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) e integram os programas federais Minha Casa Minha Vida (40 casas) e do Programa de Aceleração ao Crescimento – PAC 2 – (120 casas).

A construção das unidades habitacionais é uma parceria do governo federal, estadual e municipal, com investimentos que somam mais de R$ 7 milhões. O total investido pelo governo estadual é de R$ 680 mil. As casas do Projeto Meu Lar possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro, dividas em áreas de 36,42 metros quadrados cada (120 casas) e 41, 66 metros quadrados (40 casas).

Fonte: Correio do Estado

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO