Mulher é esfaqueada em em Sete Quedas e Autora Esta Presa

Posted by JORNAL EDUCADORA | segunda-feira, 15 de julho de 2013 | Posted in , , ,

Uma mulher de 26 anos foi presa e autuada em flagrante após esfaquear outra a golpes de canivete, na noite de sábado, 13 de julho, em Sete Quedas, na fronteira com o Paraguai. 

Segundo a Polícia Militar local, após se desentender com a vítima, que estaria grávida, Liane da Silva teria sacado de um canivete que carregava consigo e aplicado pelo menos três golpes, que atingiram o abdome e o peito da rival.
A vítima foi socorrida para o Pronto Socorro do Hospital Municipal de Sete Quedas, onde recebeu atendimento médico e até o final da tarde dessa segunda-feira (15) permanecia internada na unidade de saúde.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Sete Quedas, o quadro dela era estável.

Ainda segundo informações dos organizadore de um evento que estava acontecendo na cidade no mesmo dia, o fato aconteceu nas proximidades do evento, mas as pessoas involvidadas não estavam na festa. 
Autora foi presa no domingo
Após esfaquear a vítima, Liane da Silva, que é filha de Flávio da Silva, 41 anos, preso pela Polícia Civil local por homicídio em novembro de 2012, quando matou a tiros em um bar da cidade, Wilson Tadeu Moreira, de 30 anos, fugiu do local.
Ela acabou presa na manhã de domingo, dia 14, em sua residência e encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Sete Quedas.
Segundo o delegado titular local, Dr. Rinaldo Moreira, na Delegacia Liane foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio e está recolhida em uma cela separada dos demais presos.
O delegado informou ainda que vai aguardar o laudo médico que confirmaria se a vítima estava ou não grávida de fato.
Mãe e irmã da autora também foram detidas
Segundo a Polícia Militar de Sete Quedas, na mesma festa, também na noite de sábado, a PM realizou a detenção da mãe e de uma irmã de Liane da Silva, por agressão física (vias de fato), desacato a autoridade e resistência à prisão.
Fonte: A Gazeta News 

PC DE SETE QUEDAS PRENDE RAPAZ POR USO DE DOCUMENTO FALSO‏

Posted by salatiel | | Posted in ,

A Polícia Civil de Sete Quedas prendeu na manhã de hoje Felipe da Silva, 31 anos de idade, por Uso de Documento Falso. Segundo o Delegado de Polícia Titular da DP de Sete Quedas Rinaldo Moreira, o investigador plantonista recebeu informação de que no ônibus da empresa Umuarama estaria vindo de Campo Grande um homem de descendência indígena com documento falso e que iria chegar no horário das 10:00 horas da manhã e que o indígena usava documento falso por ser autor de um homicídio em 2011 na aldeia Arroio Corá, em Paranhos. Checadas as informações pelo delegado que também responde pela DP de Paranhos, este e equipe se dirigiaram até ao posto do IAGRO, na rodovia, e interceptaram o ônibus, quando em abordagens localizaram Felipe da Silva, que mostrou uma Carteira de Trabalho, dizendo se chamar João Lopes. Conduzido para a delegacia, após várias contradições, Felipe da Silva confessou que usava documento falso desde 2011 para fugir de investigação de prisão sobre um homicídio que confessou ter praticado com uma espingarda na aldeia em Paranhos no ano de 2011. Diante dos fatos, Felipe foi autuado em flagrante delito por usar documento falso, cuja pena é até seis anos de reclusão e também responderá pelo homicídio praticado na aldeia Arroio Corá, em Paranhos. A Autoridade Policial também representará pela prisão preventiva em desfavor de Felipe da Silva pela prática do homicídio.

Assaltante é esfaqueado após entrar em residência

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , , ,




















Dentro da residência na posse de uma faca o indivíduo pediu a mesma que ela lhe entregasse todos os objetos de valor que tinha dentro da residência e a chave do veículo VW Gol que estava na garagem, sempre ameaçando o casal, querendo objetos de valores e dizia que iria matá-los. Logo após o indivíduo pegou a chave do veículo e ao manobrar da garagem bateu em um poste que fica em frente à residência.
Após a colisão, o meliante saiu do veículo retornando para dentro da residência novamente com a faca em punho para pegar o dinheiro e as jóias, momento este em que senhor J. P. V. N ficou aguardando atrás da porta com outra faca. Na hora que o indivíduo adentrou na residência, a vítima desferiu-lhe um golpe de faca acertando a mão esquerda, tendo o individuo se evadido do local a pé tomando rumo ignorado.
A equipe realizou rondas nas proximidades e localizou o assaltante, sendo o identificado como Claudinei Bezerra da Silva, de 37 anos, que recebeu voz de prisão e foi encaminhado para o hospital e posteriormente para a 20ª SDP, onde foi autuado em flagrante delito
VOLTAR
fonte..palotina press

Produtores Irão Suspender Abate de Gado Durante 30 dias Em Protesto

Posted by salatiel | | Posted in , ,


Em protesto contra as demarcações das terras indígenas em Mato Grosso do Sul, produtores rurais do Estado se organizam para ficar sem abater gados durante um mês, no período de 20 de agosto e 20 de setembro. O movimento, intitulado Semana da Dependência, pretende chamar a atenção também para a prorrogação de dívidas.
O movimento é encabeçado pelo pecuarista de Dourados Glauco Mascarenhas, 20 anos, e pretende suspender o fornecimento de alimentos para alertar a população a uma série de problemas que acontece no campo.
Segundo Mascarenhas, produtores rurais do todo o País já aderiram ao movimento, que ganhou força através das redes sociais. O pecuarista acredita que a paralisação irá acontecer mesmo que não tenha o apoio de 100% da categoria rural e que o movimento irá causar um impacto político e econômico considerável.
De acordo com o presidente do Sindicato Rural de MS, Oscar Stucrck, os produtores sindicalizados devem se reunir na próxima semana para decidirem se vão aderir ou não ao movimento. “É uma experiência inusitada, ainda não sabemos se vamos parar de abater o gado, mas de qualquer forma, apoiamos o movimento”, afirma.
Sobre o impacto que a paralisação por provocar em Mato Grosso do Sul, o presidente do Sindicato frisa que nunca ocorreu um movimento como este, então é difícil precisar, mas acredita que pode ter consequências graves. “Vai faltar carne no mercado, então o Estado terá que trazer de fora, então neste período deve subir o preço, e depois deste mês, quando todos os produtores voltarem a abater o gado, o preço da carne vai cair”, explica.
Contudo, ele apoia o objetivo do movimento. “O que a categoria rural quer é mostrar à população o que vai acontecer quando demarcarem as terras e não haver mais gado para abater. Por enquanto será um mês, imagina se for para sempre”, alerta Stucrck.
O presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Francisco Maia, criticou o movimento e disse que não foi procurado para discutir o assunto.
“Mas de qualquer forma, não concordo em fazer um movimento de cruzar os braços para desabastecer o mercado, tem que medir as consequências dessa paralisação. Já mostramos a nossa indignação, já fomos para a rua, será que vale tomar uma postura radical agora?”, pontua Maia.

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO