Policial civil mata suspeito de roubo de motos .LADARIO.

Posted by JORNAL EDUCADORA | terça-feira, 9 de outubro de 2012 | Posted in ,



Marcelo (morto) e Elton (foragido)
Suspeito de roubos de motocicletas na fronteira com a Bolívia, Marcelo do Carmo Martins, 27 anos, foi morto por um policial civil após reagir a abordagem, no fim da tarde dessa segunda-feira, em Ladário.

O policial investigava roubos e abordou dois suspeitos: Marcelo e o irmão Elton do Carmo Martins, 22 anos, que pilotava a moto. Na versão da Polícia, os dois agrediram o policial com pedaço de madeira, que em defesa, atirou. Marcelo foi atingido na perna esquerda e outro no ombro direito. O irmão fugiu do local.

O policial teve a camisa rasgada e ficou com lesões no joelho esquerdo. O caso foi registrado como resistência seguida de morte. Marcelo estava foragido do regime semiaberto desde 5 de outubro e tinha passagens por roubo e tráfico de drogas.

Em entrevista ao DIÁRIO ON LINE, o delegado de Polícia Civil em Ladário, Enilton Zalla, disse que duas vítimas de roubo de moto reconheceram Marcelo como autor.

Ele estava foragido do regime semiaberto desde o último dia 5 e tinha passagens por roubo e tráfico de drogas. Para o delegado, os irmãos integram quadrilha que voltou a agir na região. Elton está sendo procurado.

delegado afirmou que, na segunda-feira, 08 de outubro, duas vítimas de roubo de moto reconheceram Marcelo como autor. Ele já tinha passagens criminais por roubo e tráfico de drogas e estaria desde o dia 05 de outubro foragido do regime semiaberto.

Fonte: Diario On Line

Dourados elege seu primeiro vereador indígena

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , ,



Índios comemoram (NICANOR COELHO)
O professor Aguilera de Souza foi eleito o primeiro vereador indígena de Dourados. Ele foi eleito com 1.419 votos pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Desse total cerca de quatrocentos votos saíram das urnas da Zona Urbana, dados pelos chamados “não índios”.

Aguilera, da etnia Ñandeva – Guarani tem 37 anos de idade é formado em Pedagogia, casado e pai de três filhos. Atua como professor na Rede Municipal de Ensino e no curso de Pedagogia da Unigran. O novo vereador é membro da Igreja Evangélica “Providencia de Deus”, criada na própria reserva de Dourados.

O professor é da mesma linhagem do grande líder indígena morto em 1983, Marçal de Souza, Tupã-Y, o Deus Pequeno. O pai de Aguilera é sobrinho de Marçal que está enterrado no Cemitério Santo Antonio de Pádua.

Aguilera realizou uma carreada nesta segunda-feira a partir das 16h pelas principais estradinhas da Reserva Indígena de Dourados, passando pelas Aldeias Jagurapiru e Bororó. Dezenas de carros, motocicletas e até mesmo bicicletas acompanharam o vereador na comemoração. “Não quero ser vereador apenas pelo salário e não quero transformar meu mandato num emprego”, disse o professor Aguilera ao anunciar que vai desenvolver um mandato em benefício aos índios das aldeias de Dourados sem que isso o transforme em um “vereador indigenista”.

Aguilera afirmou que pretende ser um político diferente. “Vou ouvir primeiro as reivindicações do meu povo para depois levar para fora das aldeias”, disse o vereador que dentre suas propostas vai lutar para a criação de uma Secretaria para Assuntos Indígenas.

Fonte: Dourados News

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO