Policiais civis são presos acusados de fraudar BOs em Sapucaia

Posted by JORNAL EDUCADORA | sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 | Posted in , , ,



Clique na Imagem para ampliá-la

Viatura da Corregedoria da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul em frente à Delegacia de Amambai. Um dos policiais presos na operação conjunta com o GAECO e a DECO, foi trazido para cá para ser autuado por posse ilegal de arma. (Fotos: Vilson Nascimento)
Vilson Nascimento
Uma operação conjunta desencadeada pelo GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, a DECO (Delegacia Especial de Combate ao Crime Organizado) e a Corregedoria da Polícia Civil do Estado, com respaldo da 1ª Promotoria da Comarca de Amambai, prendeu, na manhã dessa sexta-feira, 7 de dezembro, em Coronel Sapucaia, três policiais civis acusados de fraudar boletins de ocorrência em troca de subornos.
Em entrevista ao A Gazetanews no final da tarde dessa sexta-feira, o coordenador do GAECO em MS, o Promotor de Justiça, Dr. Marcos Alex Vera de Oliveira, que comandou pessoalmente a ação, disse que a operação foi resultado de aproximadamente cinco meses de investigações, inclusive com gravação de vídeo, com autorização da Justiça, que, segundo o Promotor, comprova a ação criminosa praticada pelos policiais presos. 
Segundo o GAECO os policiais presos, os investigadores, José Adão Correa, Oclécio José de Farias e Ronieri Isael Adomaitis de Araujo, todos lotados na Delegacia de Polícia Civil de Coronel Sapucaia, modificavam, nos boletins de ocorrências registrados na Delegacia, as versões ou até deixavam de dar continuidades nos boletins registrados pela Polícia Militar.
No caso dos BOs modificados, ao registrarem o boletim de ocorrência da Polícia Civil, cuja versão deveria ser idêntica ao conteúdo apresentando no BO da PM, os policiais colocavam os autores de delitos e infrações como testemunhas e em troca das mudanças, que livrava os acusados de responderem judicialmente pelos atos praticados, os policiais recebiam quantias em dinheiro que variavam dependendo o tipo de transgressão praticada pelo infrator.
Segundo o Promotor, Dr. Marcos Alex, além da prisão dos policiais em Coronel Sapucaia, durante essa sexta-feira as equipes também cumpriram diversos mandados de busca e apreensão em residências em Coronel Sapucaia e também em Amambai, onde várias das pessoas que supostamente teriam pagado pelas mudanças de versões nos boletins de ocorrência residem.
Investigações vão continuar
De acordo com o coordenador do GAECO/MS, Dr. Marcos Alex Vera de Oliveira, as investigações do caso vão continuar.
Segundo o Promotor de Justiça, pelo menos 14 pessoas, entre acusados e testemunhas, serão ouvidas durante o curso das investigações e parte dessas pessoas, principalmente as que supostamente “subornaram” os policiais para terem dados do boletim de ocorrência modificados, poderão ser indiciadas e responder criminalmente, caso a fraude seja comprovada.
De acordo com o coordenador do GAECO, no curso das investigações também poderão surgir novas informações sobre o “esquema” e não está descartada a hipótese de envolvimento de policiais militares nos atos ilícitos. “Existem indícios e serão apurados”, disse Dr. Marcos Alex, ao informar que a operação conjunta continua e mais pessoas serão ouvidas no decorrer deste sábado, 8 de dezembro, em Amambai.
Policiais presos foram levados para a capital
De acordo com o GAECO, os três policiais presos durante a operação, que foi denominada “Nhu-Verá”, foram levados para a capital do Estado, Campo Grande, onde permanecerão presos no 3º Distrito Policial à disposição da Justiça.
Segundo o Ministério Público Estadual, os policiais, que foram presos por força de mandados de prisão expedidos pela Justiça da Comarca de Amambai, poderão responder pelos crimes de peculato, corrupção passiva, inserção de dados falsos em banco de dados da Administração Pública e de formação de quadrilha, tipificados nos arts. 288, 312. 313-A e 317, todos do Código Penal Brasileiro.
Um dos policiais presos na operação, Ronieri Isael Adomaitis de Araujo, também responderá por outro delito, o crime de posse ilegal de arma e munição de uso permitido.
Durante cumprimento de mandados de busca e apreensão, as equipes do GAECO e da DECO encontram na residência de Ronieri um revólver marca Rossi, calibre 38, segundo a polícia, sem a documentação legal, e munições do mesmo calibre.
Ronieri foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma na Delegacia de Polícia Civil de Amambai e segundo o delegado titular local, Dr. Marcius Geraldo Cordeiro, apesar do crime prevê fiança, a fiança não foi arbitrada nesse caso tendo em vista o mandado de prisão que já pesava em desfavor do policial.
Policiais poderão ser exonerados
De acordo com o delegado regional de Polícia Civil de Ponta Porã, unidade a qual a Delegacia de Coronel Sapucaia é subordinada, Dr. Sandro Márcio, que esteve em Amambai, onde os organismos envolvidos na operação montaram base, acompanhando a ação, caso se comprove, com condenação na Justiça, o envolvimento dos policiais nos crimes nos quais estão sendo acusados, eles poderão até ser exonerados da Polícia Civil.
Coronel Sapucaia ficou sem policiamento
A ação conjunta que resultou na prisão dos três policiais nessa sexta-feira, deixou o município de Coronel Sapucaia praticamente sem policiais civis.
Contando com a delegada titular, Dra. Marina Lemos Monteiro, a Delegacia de Polícia Civil local, que fica na linha internacional que separa Brasil e Paraguai, contava com seis policiais.
Com três investigadores presos e uma investigadora de férias, o município passou a contar com apenas dois policiais, a delegada e um escrivão.
Indagado pela reportagem do A Gazetanews sobre esta situação, o delegado regional de Polícia Civil, Dr. Sandro Márcio não apontou uma solução imediata para o problema, já que todas as delegacias da região já trabalham com efetivo reduzido.
De acordo com o delegado regional, até a situação dos investigadores presos se resolverem, ou seja, alocados outros policiais para preencherem as vagas, a Delegacia de Coronel Sapucaia manterá expediente durante o dia e permanecerá fechada, ou seja, sem plantão, durante as noites e aos finais de semana.
“No caso de algum registro de flagrante fora de horário de expediente, iremos pedir o apoio Polícia Militar no sentido de acionar o escrivão, que permanecerá  sobre aviso permanente até que a questão de efetivo seja resolvida”, informou o delegado regional.
Além de patrimônios públicos como computadores, por exemplo, também existe na Delegacia de Polícia Civil de Coronel Sapucaia, drogas e veículos apreendidos, além de armas pertencentes à carga da Polícia Civil local.
Fonte: A Gazeta News 

Crise fecha as portas da Prefeitura de Maracaju

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , ,

 
Prefeitura de Maracaju
O município de Maracaju, no sudoeste do Estado, tem o quinto maior PIB per capita do Mato Grosso do Sul, enfrenta grave crise financeira. A crise atinge saúde, infraestrutura, educação, serviços básicos entre outros e ainda corre o risco de não fechar as contas de 2012 diante dos rumores que surgem na cidade.

Na manhã de quarta-feira, dia 28, moradores da cidade foram surpreendidos com Prefeitura de Maracaju sem atendimento ao publico. Decreto assinado pelo prefeito Celso Vargas (PDT) diz que a prefeitura terá "apenas" atendimento interno de 28 a 12 de dezembro, e fica fechada para o público. O decreto está fixado na porta do Paço Municipal.

PORTAS FECHADAS E POUCA EXPLICAÇÃO
Uma faixa afixada em frente ao Hospital Municipal, o único da cidade, destaca a paralisação dos serviços apenas urgência e emergência, em sinal de protesto pela falta de pagamento dos médicos. Na sessão da Câmara Municipal, o vereador Rudmar Lautert (PDT) abriu os pronunciamentos levantando a lebre e falando da situação em que se encontra a saúde e Sociedade Beneficente de Maracaju.

A entidade está sem presidente, sem atendimento médico (médicos estão seis meses sem receber produtividade, três meses sem os seus pagamentos), sem material de primeira necessidade para qualquer atendimento, sem material de higiene, sem material cirúrgico e entre outros problemas. Em seguida os vereadores João Rocha, Portela e Careca narraram o caos vivido hoje no Hospital Municipal Soriano Correa o único do município.

O discurso do pedetista João Rocha ganhou força e ele declarou que o hospital de Maracaju está na UTI. “Sempre cobrei, sempre falei aqui nesta Tribuna da saúde, de pessoas que ocupavam postos que não tinham competência para fazer o que tinha que ser feito" disse ele. O vereador Careca citou a necessidade de uma urgente intervenção no Município e que através de uma Ação Civil Pública contra o município a população voltar a ter o atendimento necessário. Segundo o vereador Valdenir Portela Cardoso quiseram fazer um beija-flor fizeram um urubu, "hoje está ai tudo que aqui falamos e cobramos na Tribuna dessa Casa de Leis”, lamentou.

O prefeito Celso Vargas alega que a queda dos repasses justifica o caos em que se encontra a cidade. Os servidores públicos municipais de Maracaju receberam o salário de outubro no ultimo dia 20 de novembro. Na cidade o reflexo da crise é visível. A sujeira, os buracos, o lixão a céu aberto instalado no Alto Maracaju, são as mais diversas reclamações dos moradores.

Durante a semana algumas creches dispensaram alunos por falta de merenda escolar. O transporte escolar terceirizado anunciou a paralisação por duas vezes, alegando a falta de pagamento. Fornecedores e comércio não recebem há mais de cinco meses. A agência de publicidade que ganhou a licitação não recebeu seu pagamento referente aos meses de janeiro a 30 de junho de 2012 já empenhados.

Nesta mesma situação estão os serviços de gráfica, cestas básicas, material de construção, fornecedores e os convênios de maneira em geral. A quinta economia do Estado está de pires na mão, comentou um dos vereadores da cidade.



Fonte: MS Notícias

Baleado em Sete Quedas Não Resiste e Falece na Madrugada

Posted by salatiel | | Posted in , ,


Paulo Piroli não resistiu a cirurgia e veio a falecer na madrugada desta sexta- feira.  Paulo, 33 anos, foi ferido com pelo menos três tiros que atingiram as costas e o abdome no início da tarde dessa quinta-feira (6), de imediato foi encaminhado para o Hospital Municipal de Sete Quedas, mas devido a gravidade de seu estado foi encaminhado a Dourados.  Segundo informações do Boletim Medico, ao chegar em Dourados Paulo, foi encaminhado imediatamente a uma cirurgia de emergência, que acabou por volta das 2 da manhã. 

E ainda segundo informações do Boletim, Piroli veio a falecer por volta das 4 da manhã.

O corpo do Rapaz se encontra sendo transladado para Sete Quedas, onde será velado e sepultado. Ainda não foi definido o local do Velório.  


Entendo o Caso.
A tentativa de homicídio aconteceu na linha internacional que separa Brasil e Paraguai, do lado do distrito paraguaio de Pindoty Porã, que faz divisa com Sete Quedas no Brasil, mas a vítima, que é brasileira e moradora no município brasileiro, foi socorrida para o Hospital Municipal de Sete Quedas.
A Polícia Nacional do Paraguai foi acionada e trabalha na tentativa de identificar e prender o autor ou os autores do crime.
A Polícia Militar de Sete Quedas também registrou um boletim de atendimento, já que, apesar do crime ter ocorrido no Paraguai, a vítima foi trazida para um pronto socorro do lado brasileiro da fronteira.
As causas oficiais da tentativa de homicídio que vitimou Paulo Piroli ainda são desconhecidas, segundo a polícia.

MARQUINHOS DA INTERPAX MORRE EM ACIDENTE GRAVE

Posted by salatiel | | Posted in , ,



Um grave acidente ocorrido no início da manhã dessa sexta-feira, 7 de dezembro, na Rodovia MS-160, trecho que liga Tacuru a Sete Quedas, matou um agente funerário de 40 anos, morador em Tacuru.Vilson Nascimento

Marcos José Mendes, o “Marquinhos” como também era conhecido, conduzia um veículo Santana Quantun  cor prata, equipado para serviços funerários pertencente a Inter Pax empresa que trabalhava, no sentido Tacuru a Sete Quedas da via, quando o carro sofreu um desvio de direção e se chocou frontalmente com um caminhão Mercedes Benz, cor verde, que se deslocava pela rodovia no sentido oposto.
Com a violência do impacto o caminhão teve a suspensão dianteira arrancada e o Santana também teve a parte dianteira totalmente destruída.
O condutor do Santana, que viajava sozinho, teria ficado preso nas ferragens e como a unidade do Corpo de Bombeiros mais próxima fica em Amambai, a mais de 100 quilômetro de distância, policiais militares de Sete Quedas, com apoio de populares, conseguiram realizar o resgate de Marquinhos, que, devido a gravidade dos ferimentos, acabou morrendo a caminho de um hospital na cidade de Tacuru, onde residia.
O motorista do caminhão, Edson Ruiz Freitas, de 24 anos, morador em Maracajú, não se feriu, segundo a Polícia Militar de Sete Quedas que esteve no local do acidente oferecendo apoio até a chegada de uma equipe da PRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) da base operacional de Amambai, para realizar os levantamentos de praxe e registrar a ocorrência.
Um laudo técnico deverá apontar, nos próximos dias, as causas do acidente, mas as suspeitas, segundo a polícia, é que Marcos tenha dormido na direção.
Como o acidente aconteceu em um trecho da rodovia estadual que corta o município de Tacuru, o inquérito policial que irá apurar as causas do acidente deverá ser presidido pela Polícia Civil de Tacuru.
Fonte: setequedasNews  

CLAUDIO PARREIRA SOFRE ACIDENTE NA MS 160

Posted by salatiel | | Posted in , ,



O vereador de Sete Quedas pelo PDT, Claudelino Parreira, o “Cláudio Parreira”, sofreu uma acidente automobilístico na noite dessa quinta para sexta-feira, 7 de dezembro.
O acidente aconteceu na Rodovia MS-160, trecho que liga Sete Quedas a Tacuru. Segundo as informações, Cláudio, que também é empresário do ramo da indústria de café no município da fronteira com o Paraguai, retornava, em companhia de outras duas pessoas, de um evento na cidade de Iguatemi, quando o carro que viajavam, segundo policiais militares, um Cross Fox, teria sofrido um desvio de direção e saído da pista.
O acidente provocou danos materiais no veículo, mas nenhum dos três ocupantes se feriu.
Fonte: setequedasNews  

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO