Casé Monta Equipe de Transição em Sete Quedas

Posted by salatiel | quinta-feira, 13 de dezembro de 2012 | Posted in , , ,

Comissão de Transição já Trabalha na
Prefeitura de Sete Quedas
Após Várias Tentativas o prefeito eleito Casé, José Gomes Goulart, conseguiu a aprovação da atual administração para que pudesse compor sua equipe de transição, que estará trabalhando nas dependências da prefeitura, para que possa estar a par do que esta acontecendo na administração antes mesmo de assumir a Cadeira de Prefeito do Município. O prefeito eleito montou uma equipe de transição com 3 membros de sua equipe, e a administração atual nomeou mais 3 do seu quadro de funcionários para que pudessem juntos estar analisando a atual situação do município. O pode executivo nomeou os funcionários Maria Cristina Scapim, Carlos Martines e Marcos Roberto Penachio. Já o prefeito eleito Casé nomeou para participar da comissão, Flavio Silva dos Santos, Cristiane Comeli e Edilson Vieira da Silva.
A Comissão de transição serve para que os novos administradores saibam como esta a situação do município antes de tomar posse definitiva. Essa equipe faz uma radiografia da situação da administração em todos os setores, tais como: Contratos mantidos, Demonstrativos de Despesas e Receitas, Levantamento de Bens e de Pessoal, e todos os documentos pertinentes à administração municipal, referentes a todos os setores da administração: Saúde, Educação, Obras, Tesouraria, Licitações dentre outros.
Em suas palavras na abertura da reunião, que contou com outros membros da equipe, e também  com os membros da atual administração, o prefeito eleito Casé, falou da importância desta comissão, pois, em janeiro o município toma outro caminho, e que tudo deve estar as claras, para que possa fazer uma boa administração já no inicio do mandato.”A partir de agora somos uma só equipe. Vamos trabalhar juntos pelo nosso município. A campanha política já terminou, agora é só trabalhar por nossa cidade, como uma só equipe” disse Casé a todos os membros da transição. 
Ainda segundo Casé, o município esta com setores muito deficitários e por isso a equipe de transição tem que buscar estar bem atento a isso, pois pode acontecer de chegar em janeiro e terem dificuldades em administrar vários setores do município. “ Temos que estar atentos a tudo, pois podemos chegar aqui em janeiro, e ter que parar diversos setores para poder por as coisas em ordem. Sabemos que a Saúde e a Educação precisam de atenção especial, não sabemos quando pode surgir uma emergência, e precisamos estar preparados para trabalhar já de imediato. Uma ambulância não pode ficar parada por falta de combustível, e a manutenção da alimentação dos doentes do hospital e dos alunos das escolas e creches não podem faltar. Acho que a equipe de transição deve estar atento a isso, e se necessário conversar com o atual prefeito para que tenhamos o mínimo de condições de trabalhar” comentou Casé sobre as dificuldades que irá encontrar nos primeiros meses de mandato.
 “ Temos muitos recursos para virem pra Sete Quedas já no inicio do ano, mas para isso o município não pode ter pendências ou restrições com o Tribunal de Contas, por isso será muito importante o trabalho da Comissão de Transição. Essa comissão tem que estar com os olhos voltados para o futuro de Sete Quedas, ver como iremos trabalhar em janeiro. Temos que ter um planejamento. Todos sabem da situação do município hoje, sabem que não vai ser fácil governar nos primeiros meses do mandato. Se tiver que parar alguns setores, vamos parar. É para o bem do município. Temos que ver a situação de tudo, inclusive os salários dos funcionários, e manutenção dos bens de emergência como Saúde, limpeza publica e educação” Comenta o prefeito eleito.
Quanto ao quadro de funcionários o prefeito eleito tem uma preocupação muito grande para solucionar. Pois segundo o Departamento Pessoal da prefeitura, o limite exigido pelo Lei esta excedido, pois houveram contratações de concursados nos últimos meses, excedendo esse limite, e isso exigira uma solução já no inicio do mandato. Casé disse que irá sentar com o Departamento de Recursos Humanos e com a Contabilidade, para ver qual a atitude que deve ser tomada. “Sabemos que esse será um assunto muito indigesto, mas o que tivermos que fazer, vamos fazer. Só não podemos deixar o município pagar por isso. A lei e muito clara, não se deve ultrapassar gastos de 51,3% da arrecadação, com o quadro de funcionários de um município. E pelo que sabemos, aqui esse percentual esta ultrapassado. Não é culpa dos funcionários,  mas as atitudes que tivermos que tomar, vamos tomar. Não é o Casé, é a Lei. Todos vão entender isso”- diz Casé.
Casé deixou claro que estará trabalhando o mês de janeiro para o por o município no caminho certo, dedicando tempo integral à administração do município. “ Quero estar o tempo todo a disposição dos secretários e diretores para sanarmos todos os problemas referentes à administração. Se for necessário gastarmos nosso tempo em reuniões vamos gastar. O importante e que façamos um bom trabalho, principalmente no inicio do mandato, pois as dificuldades serão grandes, e será necessária uma união muito grande de todos os setores da administração para que possamos ter um município funcionando da forma que deve funcionar” finaliza Casé.

Julio Cesar e Donizete serão diplomados amanhã(PARANHOS)

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , , ,


Julio César de Souza e Donizete Viaro (DIVULGAÇÃO)
JAIME MEL
Júlio, Donizete, vereadores eleitos e suplentes por Paranhos serão diplomados nesta sexta.

Os vereadores Júlio Cesar de Souza (PDT) e Donizete Aparecido Viaro (PMDB), eleitos a prefeito e vice respectivamente, juntamente com os vereadores eleitos na última eleição de sete de outubro, receberão os seus siplomas das mãos do juiz Luciano Pedro Beladelli, da Comarca de Sete Quedas, na manhã desta sexta feira (dia 14), no plenário da Câmara Municipal setequedense.

Sobre a diplomação, Julio disse - “Para mim não é uma simples diplomação e sim um momento histórico, pois se encerra um ciclo na política de Paranhos e inicia uma nova maneira de se administrar, nós propomos durante a campanha, uma administração popular voltada principalmente aos mais necessitados e excluídos da sociedade, e a maioria dos eleitores de nosso município entenderam nosso projeto e nos elegeram, com isso nossa responsabilidade é muito grande, no entanto com a ajuda de Deus nós vamos cumprir nossos compromissos, administrando com o coração e com respeito aos funcionários públicos, empresários, trabalhadores, cidadãs e cidadãos, em fim com prioridade absoluta ao ser humano” comentou Júlio.

A eleição de outubro passado em Paranhos foi marcada pela final da hegemonia do PSDB no município, que governava a cidade por quase 16 anos e foram surpreendidos com a derrota pela junção de sete partidos liderados pelo PDT e PMDB. Segundo os políticos, candidatos, coordenadores, simpatizantes e eleitores foi uma eleição diferente onde a coligação que elegeu Júlio e Donizete foi tratada com desdém pela coligação adversária (PSDB), ainda após a eleição alguns agentes desta coligação com o intuito de prejudicar Júlio tentaram processá-lo, porém não lograram êxitos e em todas suas tentativas perderam junto à justiça eleitoral, agora finalmente Júlio e Donizete para a alegria suas e de seus eleitores recebem seus diplomas.

Receberão diploma também os vereadores eleitos: Dinho (PMDB) único vereador reeleito, Romaldo Zonato, Hélio Acosta, Paulo Rufino, Osmar e Professora Beth pelo PSDB, Fidêncio Moraga (PRB), Maristela Gregol e Professor Guto ambos do PT. E pela primeira vez o Partido dos Trabalhadores elege dois vereadores em Paranhos.



Fonte: Sulnews

PMs denunciam não pagamento de diárias

Posted by JORNAL EDUCADORA | | Posted in , , ,



Fiscalização em barreira (REPRODUÇÃO)
GRAZIELA RESENDE
Policiais militares, que com medo de retaliação preferem não se identificar, denunciaram ao MIDIAMAX o fato de não estarem recebendo o pagamento de diárias para os servidores que acompanharam as fiscalizações da Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal (Iagro), neste ano, no interior de Mato Grosso do Sul.

Segundo a categoria, os policiais são acionados quando ocorrem possíveis focos de aftosa e é necessária a segurança, para os técnicos entrarem nas propriedades rurais. “Não recebemos as diárias desde junho do ano passado e temos medo até da dívida ‘caducar’. Nas eleições foi à mesma coisa e agora temos 80 policiais nesta situação”, afirma a fonte.

Um policial alega que o dinheiro é oriundo de um convênio entre o Governo Federal (Mapa) e o Governo do Estado (Iagro), sendo que o governo seria o responsável por deslocar os militares aos postos de fiscalização e posteriormente repassar o pagamento. “Já tentamos de inúmeras formas cobrar o pagamento, mas na própria Iagro eles dizem que tudo está na mão do governador e sem previsão”, diz revoltada a fonte.

Na fronteira, um policial conta que pagou por dez dias a sua estadia e alimentação. “Fiquei longe da minha família, gastando dinheiro do meu bolso. Realmente acreditei que o governo depositaria na minha conta, conforme determina a lei, mas nem satisfação eles deram”, garante a fonte.

A irregularidade foi confirmada pela Associação de Cabos, Soldados e Bombeiros Militares (ACS-MS). “De fato recebemos reclamações e conversei na Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), sendo que eles disseram que estariam sanando o problema junto ao órgão responsável. Agora aguardo a resposta”, diz o presidente Edimar Soares da Silva.

Questionada sobre o problema, a diretora-presidenta da Iagro, Maria Cristina Carrijo, não quis conversar com o MIDIAMAX. Via assessoria do seu gabinete, ela pediu para entrar em contato com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria e do Turismo (Seprotur), já que seria uma agência subordinada a ele. Na Seprotur, a assessoria explicou que a secretária Teresa Cristina Dias estava presente em uma solenidade, em Três Lagoas e que posteriormente falará com a reportagem.



Fonte: Midiamax News

Moka conduz articulação e Congresso aprova urgência para votação de vetos dosroyalties

Posted by salatiel | | Posted in , ,


Baixe Moka articula votação no plenário do Congresso Nacional.jpg (1408,3 KB)
Baixar
O senador Waldemir Moka (PMDB) afirmou nesta quarta-feira (12) que a aprovação do requerimento de urgência para apreciação dos vetos ao projeto que redistribui os royalties do petróleo é “vitória da maioria do povo brasileiro”.
O plenário das duas Casas aprovou o requerimento por ampla maioria. No Senado, foram 60 votos favoráveis e 7 contrários. Na Câmara, 348 deputados foram favoráveis, 84 contrários e uma abstenção.
A bancada de senadores e deputados sul-mato-grossense votou maciçamente pela aprovação do requerimento de urgência, que obriga o presidente do Congresso a colocar a matéria em votação na próxima sessão.
De acordo com Moka, examinar o veto do Executivo é obrigação do Congresso. “O processo legislativo só se conclui com a apreciação do veto e isso o Congresso está fazendo”, afirmou, durante sessão tensa do Congresso.
O senador foi um dos principais articuladores para que Câmara e Senado votassem o requerimento de urgência. O sul-mato-grossense trabalhou em conjunto com o senador Wellington Dias (PT), ex-governador do Piauí.
“Tivemos que nos debruçar sobre esse assunto, convocando senadores e deputados para assinarem os requerimentos e participarem da votação. Não podíamos baixar a guarda”, justificou.
O projeto 448/2011, vetado pela presidente Dilma, modifica os critérios de distribuição dos royalties do petróleo. A proposta prevê regras semelhantes às do repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE), inclusive para os contratos já em vigor.
Moka afirma que as finanças dos municípios chegaram a nível insustentável e que os recursos dos royalties do petróleo podem amenizar o problema. “A cada ano que passa as prefeituras recebem mais obrigações, ao mesmo tempo em que os repasses constitucionais caem”, diz.

OUÇA A RÁDIO AO VIVO

DESTAQUE

Atendendo Salatiel, Prefeitura Faz Manutenção de Ruas da Área Industrial

A prefeitura Municipal de Sete Quedas realizou o patrolamento das ruas que dão acesso aos lotes da Área Industrial do município. ...

V Í D E O S

V Í D E O S
EM ENTREVISTA AO PORTAL GIBA NOTICIAS SALATIEL APRESENTA PROPOSTAS PARA SETE QUEDAS

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO