Published On:sexta-feira, 24 de agosto de 2012
Posted by JORNAL EDUCADORA

Bombeiros não tem viatura para combater incêndios

O único ABT (Auto Bomba Tanque) disponível no Subgrupamento bombeiros de Amambai fundiu o motor

Clique na Imagem para ampliá-la

O único ABT (Auto Bomba Tanque) disponível no Subgrupamento bombeiros de Amambai fundiu o motor durante uma ocorrência e está parado (Fotos: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

Justamente no período mais crítico do ano, onde o clima seco aliado ao sol e ao vento forte faz aumentar consideravelmente os riscos de queimadas e até de incêndios em perímetro urbano, o Corpo de Bombeiros de Amambai está sem nenhuma viatura de combate a incêndio para atender a população do município e dos demais municípios da região sob sua jurisdição, Tacuru, Sete Quedas, Paranhos, Coronel Sapucaia e Aral Moreira.

O único ABT (Auto Bomba Tanque) disponibilizado ao 2º Subgrupamento, que apenar da pouca estrutura, é o responsável pelo atendimento a uma população estimada em mais de 92 mil habitantes, está na oficina em sem previsão de liberação.

O caminhão, um Mercedes Benz, fundiu o motor quando se deslocava para combater a um incêndio florestal em uma propriedade rural em Amambai.

O concerto da viatura, que também já não consegue atender a demanda por conta do tempo de uso, vai ficar em mais R$ 8 mil reais e, por conta da lentidão dos tramites burocráticos e a falta de vontade política em resolver questões, não tem previsão para voltar a rodar.

Amambai tem apenas um Fiat Uno

No quartel do Corpo de Bombeiros local ninguém fala sobre as condições precárias que a organização militar atravessa, principalmente no que diz respeito às más condições das viaturas e a falta de efetivo, mas informações levantadas por nossa reportagem dão conta que Amambai tem, de fato, apenas uma viatura no lotada na unidade, um Fiat Uno, que é usado para trabalhos administrativos, todas as demais viaturas são veículos sucateados que estavam praticamente encostados em outras unidades do Estado e foram destinados para “tapar buracos” em Amambai, mas ainda figuram como carda de suas unidades de origem.

Dentre as viaturas hoje disponibilizadas ao 2º SGB, que é subordinado ao Grupamento do Corpo de Bombeiros de Ponta Porã, a única em melhores condições operacionais é uma UR (Unidade de Resgate) que foi “emprestada” a Amambai após reportagens veiculadas na imprensa local e estadual, mostrando bombeiros empurrando a velha UR Iveco ou transportando vítima de acidente em caminhão de combate a incêndio.

População a mercê da sorte

Com Corpo de Bombeiros sem se quer um caminhão pipa para atender casos de emergência, como um incêndio a residência, por exemplo, a população de Amambai e dos municípios da região assistidos pelo Corpo de Bombeiros local está a mercê da sorte.

Na noite dessa quarta-feira (22) uma carreta carregada com milho pegou fogo e acabou destruída pelas chamas às margens da Ridovia MS-386, trecho que liga Amambai a Ponta Porã.

O fogo teria sido controlado e os prejuízos teriam sido menores caso o Corpo de Bombeiros tivesse condições de agir e controlar as chamas, segundo relataram testemunhas à nossa reportagem.

Fonte: A Gazeta News

About the Author

Posted by JORNAL EDUCADORA on sexta-feira, agosto 24, 2012. Filed under , . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. Feel free to leave a response

By JORNAL EDUCADORA on sexta-feira, agosto 24, 2012. Filed under , . Follow any responses to the RSS 2.0. Leave a response

0 comentários for "Bombeiros não tem viatura para combater incêndios"

Leave a reply

DESTAQUE

Salatiel Solicita a Estado a Volta da Emissão de Carteira de Identidade no Município

Vereador Salatiel da Radio no Gabinete da Vice-Governadora Rose Modesto O vereador Salatiel da Radio encaminhou oficio a Vice-Governado...

Noticias de Sete Quedas e Região

Tecnologia do Blogger.

    ARQUIVO